• Últimas Notícias

    domingo, 12 de maio de 2013

    Deputado questiona prisão do Pastor Marcos Pereira


    Pastor Marcos Pereira tramou assassinato de secretário do governo do Rio de Janeiro, afirma testemunha


    Um ex-funcionário da igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias (ADUD) prestou depoimento à polícia somando mais uma acusação à lista de crimes atribuídos ao pastor Marcos Pereira, preso na última terça feira (07). O ex-funcionário da igreja afirmou à Polícia Civil que um grupo liderado pelo pastor articulou a morte do secretário do governo do Rio, Astério Pereira dos Santos, visto que ele impedia a entrada do líder da ADUD em presídios de Bangu.
    O ex-funcionário que levou essas informações à Delegacia Especial de Combate às Drogas (DCOD) foi também o responsável por acusar o pastor de ordenar rebeliões e ataques para amedrontar a população do Rio.
    A motivação do crime contra Astério teria sido porque ele que suspeitava do envolvimento do pastor com bandidos, e proibiu sua entrada nos presídios de Bangu, temendo que através do religioso saíssem do presídio mensagens para traficantes soltos. Marcos Pereira, como relata a testemunha, tinha “livre acesso com telefones celulares e câmera filmadoras” a presídios e delegacias, exceto aos presídios de Bangu.

    Inscrições do Enem 2013 começam nesta segunda, 13

    Informação foi passada pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, nesta quarta-feira (8) / Foto: Marcello Casal Jr./ABr

    Foto: Marcello Casal Jr./ABr


    As inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 começam no próximo dia 13 e vão até o dia 27 de maio. A data foi divulgada nesta quarta-feira (8) pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Os candidatos têm até o dia 29 de maio para pagar a inscrição, ao preço de R$ 35. O edital com as regras do exame será divulgado amanhã (9). As provas serão aplicadas nos dias 26 e 27 de outubro. No primeiro dia, será a prova de ciências humanas e da natureza. No segundo dia, os candidatos passarão pelo teste de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática.

    Diante da repercussão negativa de redações que continham desde receita de macarrão instantâneo a exaltação a time de futebol, o Ministério da Educação (MEC) decidiu aumentar o rigor na análise dos textos para a próxima edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

    "Se estamos mudando o padrão e aumentando o rigor, é porque não ficamos confortáveis com algumas avaliações que nós tivemos", disse o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. "Estamos partindo desses casos específicos para aprimorar ainda mais a correção."