• Últimas Notícias

    sábado, 6 de abril de 2013

    Ladrões de gado agem na zona rural de S. de São Bento


    Nos últimos dias como se já não bastasse a seca que castiga os criadores da região uma série de roubos a gado na região de Serra de São Bento vem tirando o sono dos agricultores e produtores rurais, recentemente foram levados na calada da noite bois das terras de Zeze Raimundo e na noite de ontem na terra de Manoel Mendes, a vitima dessa vez foi um funcionário da CAERN de Serra de São Bento Elsinho que é irmão de Jota de Passa e Fica. Elsinho teve roubado dois bois e ainda nas primeiras horas da manhã começou-se uma perseguição e foram encontrados dentro de um veiculo segundo as primeiras informações uma F 1000 que foi abandonada no Sitio Calabouço (próximo a José Salú) onde o veiculo ficou preso a uma vala e foi abandonado com os dois bois já mortos na carroceria. A Policia esta conduzindo o veiculo para a DP da Serra e os bois estão sendo tratados para venda da carne no Sitio Cruz. De posse do veiculo e dos documentos do mesmo fica fácil chegar aos autores dos roubos.

    Por Regional Online


    Homem morre após ingerir uma garrafa de cachaça em 8 minutos no interior da PB


    A delegacia vai abrir um processo para investigar se houve negligência das pessoas ao oferecer bebida alcoólica a José Leandro (Foto: Reprodução)
    O desempregado José Leandro do Nascimento, 30 anos, veio a óbito após ingerir mais de um litro de cachaça no intervalo de 8 minutos, conforme informou a Delegacia Distrital da cidade de Remígio (localizada a 157 km de João Pessoa). O caso foi registrado nesta sexta-feira (5), no bairro na comunidade Padre Cícero, em Remígio.

    Segundo Franklin Basílio, agente da Polícia Civil, a mãe do jovem informou que ele estava em um processo de recuperação do vício do álcool. José Leandro estava com viagem marcada para João Pessoa onde seria internado para o tratamento no Centro de Atendimento Psicossocial (CAPS), porque Remígio não dispõem de uma unidade especializada do CAPS.

    - A mãe do rapaz disse durante depoimento na delegacia que o filho saiu de casa e ficou perambulando nos bares da cidade pedindo bebida. Algumas pessoas ofereceram bebida alcoólica a ele dizendo que teria que ingerir em curto espaço de tempo. Daí em cerca de 8 minutos, o jovem consumiu mais de uma garrafa de cachaça - disse o agente.

    Embriagado, José Leandro retornou pra casa e foi dormir. Horas depois familiares tentaram acordá-lo e perceberam que ele estava sem os sinais vitais. Após a morte ser confirmada, um oficial do cartório na presença de duas testemunhas confeccionou o atestado de óbito, conforme informou a delegacia local. “Como se trata de uma morte natural, neste caso o cartório pode registrar o óbito. Mas, na cidade não tem um departamento de verificação de óbito, nem unidade do Samu aqui em Remígio. Médicos só em dias alternados”, disse o policial civil.

    A delegacia vai abrir um processo para investigar se houve negligência das pessoas ao oferecer bebida alcoólica a José Leandro.

    Fonte: Portal Correio


    Passagem de Feliciano por Salvador causa mal estar


    Mais do que rebuliço na imprensa, a passagem do deputado federal paulista Marco Feliciano (PSC) por Salvador causou mal estar na cúpula do PSB da Bahia ontem.  Tudo por conta das declarações do cicerone do polêmico presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, o deputado estadual Sargento Pastor Isidório (PSB), que se considera um "ex-homossexual", com teor considerado tão homofóbico quanto as do novo guru do parlamentar baiano.
    No site da legenda, foi divulgada uma moção de repúdio contra Isidório -  com autoria atribuída ao diretório estadual da sigla - em reação ao posicionamento dele sobre os homossexuais, evidenciado durante  um culto evangélico na Ribeira. Integrante da Executiva do partido, o também deputado estadual  Capitão Tadeu demonstrou surpresa  ao saber da publicação do documento. “Não sei de onde saiu essa decisão, não fui procurado. Uma moção de repúdio contra um integrante do partido tem que ser assunto  tratado por toda a Executiva”, disse.

    Fonte: Coluna Satélite// Correio

    Relatório da CGU aponta falhas grotescas no governo do ex-prefeito Zequinha Borges

    Nesses banheiros a construtora executou a obra por R$
    140.566,71 mas prefeitura depositou na conta da
     construtora R$ 251.000,00

    Durante os trabalhos de fiscalização realizados no Município de São José do Campestre/RN, foram constatadas diversas falhas relativas à aplicação dos recursos federais examinados e demonstradas, pelo Ministério e Programa de Governo. Dentre estas, constataram-se as de maior relevância quanto aos impactos sobre os Programas e Ações executados no município.

    O relatório do CGU fiscalizou no governo do Ex-prefeito Zequinha Borges 16 Ações de Governo, integrantes dos Programas fiscalizados e executados em Campestre em decorrência da 37ª Etapa do Programa de Fiscalização a partir de Sorteios Públicos. A fiscalização teve como objetivo analisar a aplicação dos recursos federais no Município sob a responsabilidade de órgãos e entidades federais, estaduais, municipais ou entidades legalmente habilitadas, relativas ao período fiscalizado indicado individualmente, tendo sido os trabalhos de campo executados no período de 21/10/2012 a 26/10/2012.

    A matéria não terminou continue AQUI