• Últimas Notícias

    sábado, 9 de março de 2013

    No jantar a Henrique Alves, Agripino diz que visibilidade do cargo do presidente da Câmara atrairá projetos para o RN


    Durante o jantar de homenagem ao presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB), nessa sexta-feira (9), em Natal, o senador José Agripino (RN) disse não ter dúvidas de que a presença de um potiguar em um cargo tão importante como a presidência da Câmara trará importante repercussão para o Rio Grande do Norte. “Eu não tenho dúvidas de que, pela força política do cargo que Henrique exerce, a presença de um potiguar na presidência da Câmara trará, em pouco tempo, maior visibilidade nacional ao RN e atrairá projetos em prol do estado”, frisou Agripino.
    O jantar - promovido pelas quatro federações de classes empresariais do Rio Grande do Norte: Fiern, Fecomércio, Fetronor e Faern - ocorreu no Boulevard Recepções, localizado do bairro de Nova Parnamirim. Entre os convidados, os ministros da Previdência, Garibaldi Filho; do Turismo, Gastão Vieira; das Minas e Energia, Edison Lobão; da Secretaria de Assuntos Estratégicos, Moreira Franco; e da Justiça, José Eduardo Cardozo. Do Legislativo nacional, o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha; e o senador Paulo Davim, entre outros parlamentares. A governadora do RN, Rosalba Ciarlini, e a prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, prestigiaram a solenidade.

    Oficial aposentado do Exército reage a assalto e é assassinado em Canguaretama


    A polícia do município de Canguaretama, no litoral sul do Rio Grande do Norte, registrou no início da noite deste sábado (09) um latrocínio – roubo seguido de morte-.

    De acordo com as informações colhidas pela nossa reportagem, dois homens em um veículo estrada, cabine dupla, de cor prata, realizaram um assalto ao posto de combustível Laís VII que, fica na BR-101, em Canguaretama. Os criminosos deixavam o local quando resolveram abordar os clientes que estavam no local. Foi nessa hora que um homem, identificado apenas como sendo um Tenente aposentado do Exército, que abastecia seu veículo, teria reagido ao assalto, se agarrando com um dos criminosos. Houve vias de fato e o outro criminoso, alvejou a vítima com, pelo menos, três disparos de arma de fogo.

    A vítima chegou a ser socorrido para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Os criminosos conseguiram fugir.

    A polícia agora vai analisar as câmeras de segurança do local para tentar identificar os assaltantes que, podem ter agido em outros comércios da região.

    Por Júnior Campos

    Líderes do PMDB lançam candidatura de Garibaldi contra Rosalba em 2014


    O evento das entidades de classe em homenagem ao presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB), foi palco para o lançamento da candidatura do ministro da Previdência, Garibaldi Filho (PMDB) a governador do Estado, nas eleições do próximo ano. Lideranças nacionais do PMDB, presentes ao evento, confirmaram que o PMDB terá candidato a governador no Rio Grande do Norte e apontaram o nome do ministro como o mais provável representante da legenda na disputa pelo governo do Estado em 2014.
    O líder do PMDB na Câmara dos Deputados, deputado Eduardo Cunha (RJ), confirmou deliberação nacional da legenda para que o PMDB lance candidaturas próprias nos estados. “Nosso objetivo é que o PMDB tenha candidatos em todos os estados, inclusive aqui no RN”, afirmou Cunha, em entrevista a O Jornal de Hoje. Cunha disse acreditar na candidatura de Garibaldi a governador, afirmando que o PMDB potiguar hoje é forte no cenário político, tem o presidente da Câmara e um ministro de estado e que, por isso, não pode se furtar a lançar candidato.
    “Claro que aqui a posição do deputado Henrique e do ministro Garibaldi vão ser decisivas. Será deles essa decisão inicial. Mas eu acredito na candidatura do ministro Garibaldi a governador”, disse Cunha.

    Evangélicos promovem abaixo-assinado contra Marco Feliciano


    Foto: Divulgação
    O pastor e deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), acusado de discriminação pelo Superior Tribunal Federal (STF) e eleito novo presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, vem sendo alvo de protestos na internet. Um abaixo assinado da Rede Fale, representante de 39 grupos religiosos, é mais uma das manifestações contra o parlamentar que circulam pela internet.

    "Os exemplos históricos de cristãos envolvidos com os Direitos Humanos são vários, figuras como a do pastor batista Martin Luther King Jr. ou do bispo anglicano Desmond Tutu nos inspiram por exatamente colocarem a fé como o motor para suas ações de promoção e defesa dos direitos", afirma a Rede Fale, em carta aberta publicada em seu site. 

    O deputado é tido como homofóbico, desde que publicou em sua página do Twitter a frase "A podridão dos sentimentos dos homoafetivos levam ao ódio, ao crime, à rejeição". Uma série de protestos contra sua eleição à presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara circulam na internet. SRZD

    'Quase fui linchada', diz mulher que acusa deputado Feliciano de estelionato

    A advogada Liane Marques, autora de uma representação por crime de estelionato contra o deputado federal Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), afirmou que por pouco não foi linchada em 2008 por moradores de São Gabriel, cidade distante 320 quilômetros de Porto Alegre, por culpa do novo presidente da Comissão de Direitos Humanos.~

    Liane Marques organizou um show gospel em 15 de março de 2008 no qual o pastor Marco Feliciano seria a atração principal. Ele não compareceu. Sua assessoria justificou a Liane, na época, que ele sofrera um acidente no dia da apresentação. Mas durante as investigações do Ministério Público Estadual (MPE) do Rio Grande do Sul, ele já tinha agendado um outro show, para o mesmo horário, no Rio de Janeiro. Por conta desse episódio, o pastor responde a uma ação penal no Supremo Tribunal Federal (STF) por estelionato.

    Currais Novos: Jovem deixa postagem no Facebook informando que iria se suicidar!

    O município de Currais Novos amanhece mais triste hoje em motivo da morte prematura do jovem Nivailson Abravanel, popularmente conhecido como “Boy do Créu”, de 19 anos, filho único, residente no bairro JK.

    Segundo informações coletadas através de amigos e conhecidos, e também veiculadas na rede social facebook, Nivailson há alguns dias, mas em especial na noite de ontem, começou a dar sinais de sua partida via internet. Ainda no dia 08, antes de cometer o ato provavelmente, o mesmo enviou mensagem de texto pelo celular aos amigos mais íntimos, onde dizia: “amigão, amanhã o boy do cré vai estar partindo, foi um prazer te conhecer!”. Amigos o definiam como engraçado, comunicativo e sempre cercado de pessoas. 

    O jovem veio a suicidar-se com veneno de rato, descoberta essa feita após a busca do histórico do notebook dele, onde tinha várias pesquisas sobre as reações que o veneno poderia causar.Logo, também no facebook, mediante registros presentes na página, Nivailson deixara algumas postagens apontando que algo aconteceria, veja as citações.
    Fonte: Jean Souza/Terra da Xelita

    Cientistas afirmam; Terra está mais quente hoje do que foi nos últimos 2 mil anos


    Foto:  NASA / REUTERS
    A temperatura média da terra está hoje mais alta do que na maior parte dos últimos 11,3 mil anos, segundo estudo publicado esta semana na revista "Science". Os cientistas combinaram dados coletados em 73 regiões cobertas de gelo e de sedimentos em todo o mundo para reconstituir como era a temperatura neste período, conhecido como Holoceno, que corresponde ao fim da Era do Gelo.

    Eles chegaram à conclusão de que o clima da Terra atualmente está mais quente do que entre 70% e 80% do tempo nos últimos 11,3 mil anos. A pesquisa, realizada por cientistas da Universidade Harvard e da Universidade Estadual do Oregon, nos Estados Unidos, recua mais no tempo do que outros levantamentos feitos até hoje, que até então previram as temperaturas de no máximo 2 mil anos atrás.

    “Já sabíamos que, em uma escala global, a Terra está mais quente hoje do que foi nos últimos 2 mil anos. Agora, sabemos que está mais quente do que a maior parte dos últimos 11,3 mil anos. Isso é particularmente interessante, porque o Holoceno abrange todo o período da civilização humana”, observou o pesquisador Shaun Marcott.

    Goleiro do Ceará se envolve em briga com marido enciumado

    Fernando Henrique dia da mulherAtualmente defendendo as cores do Ceará, o ex-goleiro do Fluminense Fernando Henrique se envolveu em uma confusão inusitada na madrugada da última sexta (8). Ao voltar para a casa depois da derrota do Vovô para o Guarany, o atleta foi agredido por um marido enfurecido.

    Enciumado por supostas mensagens comprometedoras que Fernando Henrique teria enviado para sua esposa através do Facebook, o estudante universitário Lucas Salton o surpreendeu na garagem do prédio. Ambos foram levados à delegacia após vizinhos acionarem a polícia.

    Enquanto Salton teve hematomas no rosto e no braço, Fernando Henrique levou um soco no olho. Apesar disto, à tarde ele treinou normalmente e deve entrar a campo neste domingo (10), quando o Ceará encara o Tiradentes em partida válida pelo Campeonato Estadual.

    R7

    Presidente do Sport revela ter pago para jogador ser convocado para seleção


    O presidente do Sport, Luciano Bivar, afirmou ontem, sexta-feira (08) que pagou um lobista em 2001 para que o volante Leomar fosse convocado para a Seleção Brasileira.


    “Todo mundo faz lobby no futebol brasileiro. Pergunte ao Felipão, por exemplo, quantos procuradores ligaram para ele pedindo a convocação de alguém. Essa é a realidade do futebol brasileiro. A gente já fez lobby. Com o Leomar, houve o pagamento para um lobista”, afirmou Bivar em entrevista à ESPN.

    Em outra declaração, à Rádio Transamérica de Recife, Bivar afirmou que já “empurrou” jogador para seleção brasileira, dando comissão. E garantiu: “Quando você quer, você bota qualquer jogador em qualquer lugar".

    Motorista não pode ser punido se recusar fazer teste de embriaguez, diz PGR


    A Procuradoria-Geral da República (PGR) deu parecer contrário à punição administrativa de motoristas que se recusam a fazer teste de embriaguez ao volante. O documento é assinado pela subprocuradora-geral Deborah Duprat e integra três ações que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF).
    A primeira Lei Seca, de 2008, alterou o Código de Trânsito Brasileiro para permitir penalidades e medidas administrativas ao condutor que se recusar a fazer testes, exames clínicos ou perícias para comprovar embriaguez ao volante. A norma foi mantida mesmo com as alterações da nova Lei Seca, de 2012.
    Para o Ministério Público, a regra deve ser derrubada porque é inconstitucional. “Não se permite ao Estado compelir os cidadãos a contribuir para a produção de provas que os prejudiquem”, alega Duprat.
    Aprovada em 2012, a nova Lei Seca traz regras mais rígidas e tolerância zero de álcool para motoristas. Também permite meios de prova alternativos para a constatação da embriaguez, como gravação de imagem, vídeo ou identificação de sinais de alteração da capacidade psicomotora.
    Mesmo com as novas regras, concentrações pequenas de álcool só podem ser checadas por testes mais específicos, como bafômetro e exame de sangue, justamente os métodos de autoincriminação que a procuradora considera ilegais. Na prática, a anulação da regra inviabilizaria punições administrativas para os cidadãos que ingerem pequenas quantidades de álcool antes de dirigir. Atualmente, o motorista embriagado pode ser punido com multa de R$ 1.915,40, retenção do carro e suspensão do direito de dirigir por um ano.

    Campestre tem repasse do FPM zerado


    São José do Campestre e mais 34 municípios do RN tiveram saldo zero no primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do mês de março. De acordo com a Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), o saldo zero costuma acontecer toda vez que o repasse do FPM registra queda. Normalmente, quando há queda nos repasses, os recursos do FPM são insuficientes para que a Prefeitura arque com o pagamento da contribuição previdenciária dos servidores.
    A primeira parcela do FPM de março foi efetuada na noite de quinta-feira nas respectivas contas bancárias das prefeituras pela Secretaria do Tesouro Nacional. O repasse total para os municípios foi de R$ 40,8 milhões, 58,86% a menos do que a primeira parcela do mês de fevereiro, considerada excepcional pelos prefeitos, e 4,31% a mais do que a primeira parcela de março do ano passado.
    veja a relação dos municípios com saldo zero nas contas bancárias em ordem alfabética:  Alto do Rodrigues, Apodi, Arez, Assu, Brejinho, Caicó, Carnaubais, Cerro Corá, Currais Novos, Goianinha, Guamaré, Ielmo Marinho, João Câmara, Lagoa Nova, Monte Alegre, Nova Cruz, Parelhas, Parnamirim, Pau dos Ferros, Pedro Avelino, Pedro Velho, Santana do Matos, São José de Campestre, São José do Mipibu, São Miguel, São Miguel do Gostoso, Serra Caiada, Serra do Mel, Taipu, Tangará, Tenente Laurentino Cruz, Tibau do Sul, Touros e Upanema.
    Com informações colhidas na FEMURN

    Mais um jornalista assassinado no Brasil

    O jornalista Rodrigo Neto, conhecido por denunciar crimes praticados por grupos de extermínio no Vale do Aço, leste de Minas, foi assassinado a tiros, na madrugada de nesta sexta-feira, em Ipatinga (a 223 quilômetros de Belo Horizonte). Ele foi surpreendido por dois pistoleiros quando deixava, à 0h32m, o bar Churrasquinho do Baiano, no bairro Canaã. Os assassinos chegaram de moto e, sem tirar os capacetes, fizeram cinco disparos. Dois deles atingiram o jornalista na cabeça e no tórax.

    O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas, deputado Durval Ângelo (PT), disse que, há uma semana, Rodrigo Neto o procurou para denunciar o assassinato de um idoso em Santana do Paraíso (Vale do Aço). O jornalista suspeitava de vingança, pois a vítima era pai de um dos suspeitos da morte, duas semanas antes, de um cabo da PM supostamente envolvido com grupos de extermínio.

    Durval Ângelo, que estará em Ipatinga na semana que vem, revelou também que, em conversa com Rodrigo Neto, soube que o jornalista estava escrevendo com um colega, cujo nome mantém em segredo, um livro chamado "Crimes perfeitos", sobre assassinatos em série na região envolvendo quadrilhas formadas por policiais militares e civis.

    Radialista e bacharel em Direito, Rodrigo Neto, de 38 anos, trabalhava na editoria de Polícia do "Vale do Aço" e era apresentador do programa "Plantão Policial", da Rádio Vanguarda. O delegado responsável pelas investigações, Ricardo Cesari, disse que a hipótese de latrocínio (roubo com morte da vítima) está praticamente descartada, já que os assassinos não levaram carteira, notebook, máquina fotográfica e celular que estavam com o jornalista.