• Últimas Notícias

    segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

    A todos leitores do Blog O Paralelo um feliz 2013, cheio de paz saúde e muita felicidade.


    Micarla de Sousa fala pela primeira vez na TV após afastamento da prefeitura

     (Reprodução/TVTropical)"Será que até mesmo eu afastada a culpa é minha?”. A jornalista e ex-prefeitura de Natal, Micarla de Sousa, falou pela primeira vez em um veículo de televisão após o seu afastamento da prefeitura de Natal no programa Balanço Geral, apresentado pelo jornalista Salatiel, na TV Tropical. Na entrevista, ela apareceu irritada com as críticas sobre sua administração e diz ter se arrependido de não ter se afastado antes do cargo, por motivos de saúde..
    “Esse personagem que está aí não sou eu não. Eu sou uma empresária, alguém apaixonada pela vida, pela família. Acho que todas as pessoas que vão lembrar de mim desde que eu nasci, vão lembrar de alguém que ajuda. Isso é um personagem que criaram para beneficiar alguém”, afirmou a ex-prefeita. “Essa história, lá no futuro a gente vai saber exatamente quem tava por trás de tudo isso, quais eram os personagens que estavam por dentro de tudo isso”, disse ainda.

    Questionada sobre o período em que ficou afastada por problemas de saúde, ela se mostrou arrependida por ter voltado a prefeitura. “Eu hoje me arrependo por conta da minha saúde. Logo que eu fiz minha cirurgia tive meu primeiro AVC (acidente vascular cerebral). Pelos meus médicos eu fui incentivada a parar tudo e cuidar da minha saúde. Mas na época eu não saí porque tinha um movimento contra mim, e tive medo de afirmarem que eu saí por causa disso. Mas eu tenho muita fé em Deus e tenho certeza de que ele vai cuidar de mim. Esses olhos ainda vão ver muita coisa”, finalizou

    DN

    O Juiz tem que morar na comarca


    “Levarei esse assunto do patrocínio da iniciativa privada ao plenário do CNJ na primeira sessão de fevereiro — anunciou o Corregedor, Francisco Falcão.
    A polêmica dos juízes TQQ existe porque, em algumas comarcas pequenas, o magistrado prefere morar em cidade grande próxima e comparecer ao local de trabalho apenas três dias por semana.
    A lei exige que o juiz more na cidade onde trabalha.
    — Serei rígido com a falta de cumprimento dessa norma, que está prevista tanto na Constituição Federal quanto na Lei Orgânica da Magistratura Nacional. O juiz tem de morar na comarca. A fiscalização será rigorosa — avisou.
    Fator RRH

    Campestre: Sione Ferreira assumirá o município com as contas bloqueadas pela justiça

    A Prefeita eleita de Campestre, Sione Ferreira (PMN) receberá uma herança nada animadora na próxima terça-feira, 1º de Janeiro, isso porque o Juiz da comarca de São José do Campestre, Dr. Flávio Ricardo Pires de Amorim, no plantão desse sábado 29, atendeu a solicitação do Ministério Publico e deferiu a liminar em favor dos servidores municipais que estão com seus pagamentos atrasados  dessa forma as contas do município estão bloqueadas desde então por ordem da justiça, são mais de 700.000,00 (setecentos mil reais) o que correspondem as folhas de pagamento de parte do mês de novembro e todo o mês de dezembro dos servidores do município. 

    Nesse caso a nova gestora terá agora no inicio da sua gestão tentar negociar com o MP e o Juiz um acordo para quitar os salários em atraso da gestão que está ha poucas horas de acabar.