• Últimas Notícias

    quarta-feira, 14 de novembro de 2012

    Pedidos de falências aumentam em outubro, aponta Serasa

    O número de empresas que pediram falência em todo o país aumentou de 135, em setembro, para 152, em outubro, aponta a pesquisa mensal da empresa de consultoria Serasa Experian. O índice também é maior do que o de outubro do ano passado, quando foram registrados 131 pedidos. O segmento de micro e pequenas empresas foi o que teve maior número de requerimentos (82), seguido pelas médias (45) e grandes empresas (25). Também é superior o número de empresas que decretaram falência. Foram 22 casos a mais em outubro (76) do que no mês anterior (54). Na comparação anual, o número é ainda maior, tendo em vista que no mesmo período do ano passado 40 empresas faliram. As micro e pequenas empresas representaram cerca de 80% do total, com 61 registros de falência.

    Os pedidos de recuperação judicial em outubro (49), por outro lado, foram menores do que os requerimentos de setembro (57). O número, no entanto, ainda é superior aos 27 pedidos feitos em outubro de 2011. A maior parte dos processos também partiu de micro e pequenas empresas (22), mas o número é próximo às solicitações feitas pelas médias (18). As empresas de grande porte, por sua vez, representaram apenas 18% do total, com nove pedidos. Para os economistas da Serasa, a queda nos pedidos de recuperação judicial é reflexo da melhora gradual da atividade econômica. “Há uma situação de maior liquidez para as empresas, que estão em melhores condições de gerar caixa devido às encomendas para o Natal, e com mais recursos financeiros para pagar seus débitos com juros mais baixos”, aponta nota da empresa. Com informações da Agência Brasil.

    Plano de barateamento da energia vai incentivar consumo, diz Fazenda

    O secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Antonio Henrique Pinheiro Silveira, disse nesta quarta-feira (14) que o plano do governo para reduzir a conta de luz deve levar a um aumento de até 4% no consumo das famílias nos próximos cinco anos. Silveira participa nesta quarta de uma audiência pública no Senado que debate a medida provisória 579, que trata da renovação de concessões do setor elétrico que vencem entre 2015 e 2017 com o objetivo de baratear a energia no país. O governo pretende deixar a conta de luz entre 16,2% e 28% mais barata a partir de 2013. As grandes indústrias consumidoras de energia serão as maiores beneficiadas. De acordo com Silveira, a medida deve levar a redução dos custos das empresas e, consequentemente, à queda de preço de produtos. Alem disso, a energia também vai ficar mais barata para as famílias. Juntos, esses efeitos do pacote vão incentivar o consumo interno.

    Ainda de acordo com ele, o plano do governo deve levar a ganhos de exportações da ordem de 1,5% e a um impacto de até 1,2% no inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no médio prazo, em termos agregados. “São números bastante expressivos para a economia brasileira e não podemos desconsiderar a importância desses impactos”, disse Silveira. De acordo com ele, o plano também vai “contribuir de maneira decisiva” para que a indústria nacional consiga competir em um ambiente de crise e disputa cada vez mais acirrada por novos mercados consumidores. (G1)

    PMRN promove 39 policiais militares à graduação de 3º Sargento PM


    O Comandante Geral da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, Coronel PM Francisco Canindé de Araújo Silva, promoveu à graduação de 3º Sargento PM 39 Policiais Militares.

    Os Militares promovidos exerciam a graduação de Soldados e Cabos, os quais concluíram o Curso de Formação para Sargentos Especialistas no mês de julho deste ano.

    Os PM's promovidos se apresentaram na manhã desta quarta-feira (14), na Diretoria de Pessoal da PMRN, para a emissão da nova Cédula de Identificação Funcional com a devida graduação já atualizada.

    Os recém-promovidos foram recepcionados pelo Tenente Coronel PM Borges, Subdiretor de Pessoal da PMRN.
    Por Assessoria PM/RN

    Agripino viaja em missão do Senado para China

    O líder do Democratas José Agripino (RN) viaja nesta quarta-feira (14) para a Missão Parlamentar à República Popular da China. Com a presença do ministro conselheiro da Embaixada da República da China no Brasil, Zhu Qingqiao, o parlamentar participou hoje de um café da manhã com a equipe de senadores que viaja para o país a fim de conhecer as questões políticas da região.
    Também participaram do café da manhã os senadores Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE), Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM), Casildo Maldaner (PMDB-SC) e Flexa Ribeiro (PSDB-PA). Durante o evento, os parlamentares receberam de Qingqiao o material com informações sobre cada cidade que a comitiva visitará. Além dos nomes já citados, também fará parte do grupo os senadores Cícero Lucena (PSDB/PB), Aloysio Nunes (PSDB/SP) e Lobão Filho(PMDB/PE).

    Mídia começa a tirar a máscara do Cardozo

    No momento em que o Supremo Tribunal Federal define as penas dos condenados no julgamento do mensalão, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirma em evento em São Paulo que preferiria morrer a ter que cumprir muitos anos de prisão em algum presídio brasileiro.
    A afirmação sobre a situação do sistema carcerário gerou polêmica ao ser interpretada como uma tentativa de impedir que os réus do mensalão cumpram pena em regime fechado. “Essa constatação não pode servir de base para não punir estas pessoas, senão teremos que liberar todos os demais”, afirma a professora de Direito Penal da USP Janaína Conceição Paschoal. Segundo ela, o fato de o partido do ministro, o PT, estar há tantos anos no poder e não ter feito nada para melhorar o sistema penitenciário é “algo assustador”.
    O diretor-executivo da organização Transparência Brasil ressalta que o julgamento do mensalão ocorre no poder judiciário e não está subordinado a José Eduardo Cardozo. “É meramente uma frase de efeito”, diz Claudio Weber Abramo. Ele destaca, no entanto, que o ministro deve ser cobrado pela política carcerária. (Entre Aspas, Globo News)
    Cuidado, imprensa vigilante! O que eles querem é mudar a Lei de Execuções Penais, favorecendo os mensaleiros. Daqui a pouco, um deles cria um projeto de lei...
      

    Filho de Policial Militar é executado em Parnamirim

    Um adolescente de 16 anos foi morto com vários tiros, na noite desta terça-feira (13), no bairro Santos Reis, em Parnamirim, região metropolitana de Natal. Lindenberg Saldanha do Nascimento estava na praça na frente da empresa Gonor, quando dois homens armados efetuaram cerca de sete disparos em direção ao adolescente. Os tiros atingiram Lindenberg que morreu no local.
    De acordo com tenente Carlos Farias, oficial de serviço, o pai da vítima que é sargento da polícia militar, estava de serviço no momento da execução. O sargento Xavier recebeu pelo rádio a notícia da morte do filho e se deslocou imediatamente para o local do fato. Chorando e bastante nervoso, Xavier ficou parado ao lado do corpo do filho e tentando entender o que teria motivado a morte do jovem, já que o rapaz não tinha envolvimento com drogas. 
    O sargento Xavier conversou com a equipe de reportagem do Portal BO e revelou que minutos antes de acontecer o crime ele falou com o filho e perguntou para onde ele estaria indo. Logo o rapaz respondeu ao pai que estava indo se encontrar com uma garota na praça. "Eu falei com ele e pedi que ele não demorasse na praça. Ele disse: eu vou só falar com uma menina e volto pai", declarou.
    Os atiradores fugiram rapidamente antes de serem identificados. Segundo testemunhas, que preferiram não ser identificadas, os dois homens fugiram em uma moto em direção ao bairro de Passagem de Areia. O caso será investigado pelo 1º Distrito Policial em Parnamirim. Fonte: Portal BO
    Atenção: Imagem forte