• Últimas Notícias

    sexta-feira, 9 de novembro de 2012

    Calor da mulesta é esse

    Uma mulher nua chamou a atenção de curiosos ao atravessar a Avenida Atlântica, em Copacabana, em frente a uma escola, na manhã desta sexta-feira (9). (Foto: Christophe Simon/AFP)

    Uma mulher nua chamou a atenção de quem passava por Copacabana, na Zona Sul do Rio, na manhã desta sexta-feira (9). Em plena luz do dia, ela atravessou correndo a Avenida Atlântica, uma das mais movimentadas no Rio, bem em frente a uma escola.
    Mulher nua corre pela Avenida Atlântica, no Rio (Foto: Christophe Simon/AFP)No mês passado, em outra parte da Zona Sul, uma turista foi flagrada tomando banho nua na Praia do Flamengo, durante o amanhecer. Nem a PM nem a Guarda Municipal foram acionadas sobre o caso de nudez. Também em outubro, um casal foi flagrado fazendo sexo na Praia de Ipanema. “Quando estava chegando, eles já estavam lá. Achei uma falta de respeito com as pessoas que estavam na praia”, afirmou a estudante Yulle Araújo da Cunha, que fotografou o casal. Por G1

    Policia prende quadrilha que assaltou a agencia dos correios de Jaçanã

    A agência dos correios da cidade de Jaçanã foi assaltada por volta do meio dia de hoje por três elementos que estavam em um veículo tipo Fiat Pálio de cor prata. Ao serem informados do ocorrido os policiais militares daquela cidade entraram em diligência e pediram reforços.

    Foram acionados os policiais militares da cidade de Santa Cruz (GTO, Trânsito e RP) e começou uma perseguição policial que findou com um dos bandidos alvejado na perna e a prisão dos outros dois.
    A Polícia Militar prendeu os acusados de nome: ÁLIFE DOMINGOS CONSTANTINO DA SILVA (Esnube) pense num nome fei da peste, BRUNO DO VALE SANTANA (Sapo) e JEFERSON DE SOUZA CAVALCANTE, ambos afirmaram serem da cidade de Ailhandra na Paraíba e com os mesmos foram apreendidos.
    Um veículo Pálio de placa: KHR 0912 que tinha sido tomado de assalto no Pernambuco, dois revolveres cal. 38 cada um com seis munições e uma quantia em dinheiro de R$ 1.420,00 (Um mil quatrocentos e vinte reais).
    olha ae as autarquias, tudo menino bom.
    Blog PM Santa Cruz (grifos do Paralelo)

    Tomba defende novo texto que aborda divisão dos Royalties para todas as áreas do município

    Em seu pronunciamento na sessão da ultima quinta-feira (08), o deputado estadual Tomba Farias (PSB) defendeu o novo texto que trata sobre a divisão dos Royalties para todas as áreas dos municípios brasileiros. Na opinião do parlamentar, a decisão do investimento deve passar por cada gestor, pois, este, segundo ele, é o único capaz de entender a realidade do seu município.
    “Eu li em alguns tuítes que afirmavam que os deputados votaram contra a educação. Entretanto, os deputados não votaram contra a educação, até por que os recursos podem ser usados para a educação. Não há exclusão. Caberá ao gestor aplicar nas áreas mais necessitadas de seu município. O gestor que tem consciência, que tem o pé no chão, sabe que os três pilares que sustentam a boa administração são saúde, educação e segurança. A educação é importante, sim, é fato e notório. Entretanto, e a saúde que está a ver navios? Filas nos hospitais, falta de exames, tudo isso deve e foi considerado,” disse.
    Tomba citou como exemplo o caos encontrado em sua cidade, Santa Cruz/RN. “Em Santa Cruz, a saúde está um caos, claro que tem omissão por parte do governo municipal. Há casos de falta de seringas. Passado o tempo de campanha, não existem mais carros para transportar as pessoas para Natal a fim de realizarem atendimento médicos e essa situação se repete em outras cidades”.
    O parlamentar acrescenta: “Acredito que os deputados fizeram a sua parte, defenderam os municípios. Eu mostro a minha cara, a minha defesa. O Rio de Janeiro, por exemplo, é um grande resistente, tem muito IPTU, muitos impostos. Devemos, portanto, pensar no Nordeste, pois o Nordeste também é Brasil. Nós precisamos salvar os municípios e os estados da nossa região. Ontem, quando eu participei de uma reunião, eu vi dez governadores com “pires na mão” para pagar o décimo terceiro salário dos seus funcionários, provando que esta decisão foi a correta"..

    Campestre: Nos finalmentes de mais uma adminstração, não diferente das outras

    Homi, o negócio tá meio “troncho”, ou seja, tá bagunçado lá pelas bandas de São José do Campestre, é salário atrasado, é a praga do "agiotismo" que impera naquela província, é "Migué" geral no comércio sem perspectiva de algo que tranquilize essa cidade esquecida pelos gestores que a administra.
    Recebi uma ligação lá pelo meio dia de hoje de um amigo, funcionário da secretaria de saúde, informando que o prédio-sede teve o fornecimento de energia cortado por falta de pagamento e não obstante esse corte, meu informante disse que ultimamente objetos vêm sumindo constantemente daquele órgão, já sumiu monitor de computador, teclado, pastas e etecetera e tal, funcionários de outras secretarias também relataram tais objetos desaparecidos sem preocupação dos chefes responsáveis em coibir esse vandalismo, virou uma torre de Babel na cidade dos esquecidos. Para ser mais direto no assunto, vão entregar o município ao próximo gestor totalmente sucateado. Infelizmente isso virou rotina em Campestre. São todos, quando os gestores derrotados entregam o município F..... ao adversário sempre é a mesma ladainha. Fico triste quando meus amigos residentes em outras cidades ridicularizam minha cidade, mas é verdade, tá faltando aparecer em Campestre um administrador de vergonha na cara, que priorize e dê vitalidade aquela cidade, espero em Deus que essa prefeita que elegemos seja diferente, que faça algo novo. Há muitos anos que os campestrenses se acostumaram em viver de politicagem. Nossa mídia eletrônica estará aqui firme e forte com o compromisso de cobrar da gestora eleita as melhorias prometidas na campanha. Estamos de olho.

    Esse Policial é bom de mira

    Achei interessante esse Gif e copiei lá do Blog do Xerife, pense num Policial casseteiro!

    Mensalão: nomes de réus já estão em sistema de procurados da PF

    Foto
    EX-MINISTRO JOSÉ DIRCEU TEM CRITICADO PUBLICAMENTE AS DECISÕES
    A Polícia Federal alerta portos e aeroportos para evitar eventuais tentativas de fuga dos 25 réus condenados no julgamento do mensalão. Os nomes foram incluídos no sistema da Polícia Federal. Os réus condenados no julgamento não podem mais deixar o país, a não ser que tenham autorização do Supremo Tribunal Federal. Os nomes deles estão no Sistema Nacional de Procurados e Impedidos da Polícia Federal. Em nota, o ex-ministro José Dirceu disse que vai acatar a decisão do Supremo sobre o passaporte, mas declarou que a decisão foi exagerada porque todos os réus estão presentes por meio dos seus advogados e nunca deixaram de atender as exigências legais. Por Claudio Humberto

    Policiais são detidos em ação da PF de combate à milícias na Paraíba

    Polícia Federal durante a Operação Squadre em rua
    de João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo/G1)
    Por volta das 5h30 desta sexta-feira (9), cerca de 400 policiais federais saíram nas ruas da região metropolitana de João Pessoa para prender policiais suspeitos de integrarem grupos de extermínio, de segurança privada clandestina e ainda de extorsão de traficantes. Durante a Operação Squadre estão sendo cumpridos 45 mandados de prisão, 11 conduções coercitivas e 19 mandados de busca e apreensão, totalizando 75 medidas judiciais. As investigações começaram há cerca de um ano.
    De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Federal, entre os presos na ação estão integrantes de três diferentes milícias. A primeira é composta por policiais militares e civis, um agente penitenciário e particulares, que atuavam como grupo de extermínio, principalmente na região metropolitana de João Pessoa. As vítimas eram em geral presos e ex-presidiários, assassinado em razão de acertos de contas.
    O outro grupo era comandado por oficiais da Polícia Militar e realizava segurança privada clandestina, bem como comércio ilegal de armas e munições, usando para isso uma empresa em nome de laranjas. O grupo criminoso, que contava também com o apoio de um Delegado da Polícia Civil da Paraíba, é investigado, ainda, pela prática de crimes financeiros e lavagem de dinheiro.
    Já o terceiro grupo investigado é formado por policiais civis e militares e um agente penitenciário, que atuava extorquindo traficantes de drogas, assaltantes de banco e outros criminosos.
    De acordo com a polícia, os três grupos criminosos estão interligados pelo tráfico ilegal de armas e munições. Por G1 PB

    Quadrilha usa dinamite e explode dois bancos em Grossos, no RN

    
    Banco do Brasil foi uma das agências atacadas
     (Foto: Gilli Maia)
    
    Pelo menos dez homens armados e encapuzados explodiram, na madrugada desta sexta-feira (9), as agências bancárias do Bradesco e do Banco do Brasil na cidade de Grossos, distante 332 quilômetros de Natal.
    Informações oficiais confirmadas pela polícia dão conta de que os bandidos utilizaram um caminhão roubado na própria cidade para trancar a rua onde ficam as duas agências. Outros dois veículos também teriam sido usados para impedir a passagem oposta da via. Depois disso, os criminosos explodiram os terminais eletrônicos e fugiram levando o dinheiro, mas abandonaram o caminhão.
    De acordo com Correia Lima, a polícia acredita que a quadrilha tenha seguido em direção à cidade de Icapuí, no Ceará. Foram realizadas diligências nas proximidades de Grossos, mas não encontraram os suspeitos.
    Ainda segundo informou o major, os bandidos soltaram pregos pelas estradas de acesso à cidade enquanto fugiam, dificultando a ação da polícia. Os pneus das viaturas da PM foram furados pelos grampos. “O município de Grossos conta apenas com três policiais trabalhando por dia”, confirmou o oficial. O motorista que teve o caminhão roubado pelos criminosos foi convocado para depôr na delegacia local
    A PM suspeita que a quadrilha que explodiu os bancos em Grossos seja a mesma que detonou, na madrugada desta quinta (8), a agência do Banco do Brasil na cidade de Alto do Rodrigues, distante 200 quilômetros de Natal.
    O major Correia Lima, comandante do 12º Batalhão da PM, afirmou ao G1 que a forma de agir dos bandidos foi bastante semelhante nos dois crimes. “Tenho certeza que se trata da mesma quadrilha”, enfatizou. Segundo ele, nas duas ocasiões foi utilizado dinamite para explodir os caixas eletrônicos e, também nos dois crimes, foram espalhados pregos na rua para dificultar que a polícia agisse rapidamente.
    Por G1 RN

    Desfile de moda promete revolucionar as passarelas em Santa Cruz