• Últimas Notícias

    sexta-feira, 24 de agosto de 2012

    Após 15 horas de negociação, polícia invade casa e prende fugitivo no RN

    Foto: Aldair Dantas/TN
    Duraram 15 horas as negociações entre as polícias Civil e Militar do Rio Grande do Norte e o criminoso Rosiel Luiz da Silva, o Dadão, que manteve em seu poder um suposto refém trancado em uma casa no distrito de Mundo Novo, em Arês, município distante 58 quilômetros de Natal. Foi por volta da meia-noite desta sexta (24) que os policiais invadiram o local e, sem efetuar um único disparo, conseguiram rendê-lo. O suposto refém de Rosiel, um homem de 30 anos chamado Geovane Figueiredo da Silva, que aparentava estar sob efeito de drogas, foi libertado três horas antes, às 21h da quinta-feira (23). Dadão estava foragido desde 26 de junho passado, quando fugiu da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, a maior unidade prisional do estado, juntamente com outros dez detentos.

    Após ser recapturado, Dadão não quis falar com a imprensa. Ele é condenado a 48 anos por assaltos, estupros e assassinatos. De acordo com a polícia, além do cárcere privado desta quinta-feira, Rosiel deverá responder a um outro crime: ele é suspeito de ter participado de um assalto à agência dos Correios no próprio município de Arês, ocorrido na terça-feira (21). Entre os crimes mais graves, consta o assassinato do marido de uma promotora de Justiça, vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) em 2008.
    A ação de Rosiel nesta quinta foi iniciada porque, por volta das 9h, ele percebeu que havia sido descoberto por policiais militares. Ele resolver fazer refém o deficiente mental Geovane Figueiredo da Silva, que é apontado pela polícia, agora que foi descoberto, como um comparsa. "Na verdade, ele estava dando guarida para o Rosiel. Ele levava comida para ele. E também temos informações que o Geovane já teria participado de assaltos junto com o Rosiel", disse o delegado José Carlos, diretor da Divisão de Polícia do Interior da Polícia Civil. Por G1

    No lugar errado, na hora errada! Criminosos foram presos após furarem cerco da polícia em Arez-RN.

    A polícia fazia o trabalho de negociação com o criminoso Dadão que, fazia um cidadão refém, no município de Arez-RN, quando prendeu um maior de idade e apreendeu um menor de idade.

    Os dois foram detidos pela polícia quando furaram um bloqueio policial. Clóvis Soares da Silva, 22 anos e um adolescente de 15 anos, foram levados para a delegacia, onde confessaram ter participado do assalto aos Correios do município, onde foram roubados cerca de R$ 32 mil. Com a dupla, a polícia encontrou um revólver.

    Com informações do DNONLINE
    Photobucket

    O usuário de facebook que divulgou pesquisa irregular em Jardim de Piranhas é condenado pela Justiça Eleitoral

    O usuário de facebook Athos, que divulgou pesquisa eleitoral irregular em Jardim de Pirnhas, foi condenado pela Justiça a retirar mensagem e informar a todos os seus contatos sobre ordem judicial. Ele ainda será julgado em outra petição e pode ser condenado a pagar multa de 53 mil reais.
    Por meio de representação eleitoral formulada pela Coligação Diga Sim a Jardim, o Juiz Eleitoral da 59ª Zona Eleitoral, André Melo Gomes Pereira, recebeu denúncia de irregularidade em pesquisa postada por Athos Dutra, em seu Facebook.
    Diante da irregularidade da pesquisa, o Juiz determinou que Athos parasse imediatamente com a divulgação e que postasse em sua rede social, para que todos os seus contatos tenham conhecimento, a seguinte frase: “PESQUISA IRREGULAR SUSPENSA POR DECISÃO LIMINAR DA JUSTIÇA ELEITORAL DA 59ª ZONA CONCEDIDA NOS AUTOS DO PROCESSO N. N. 106-95.2012.6.20.0059”.
    Photobucket