• Últimas Notícias

    quarta-feira, 8 de agosto de 2012

    Acabou, Banda Ferro na Boneca encerra atividades

    Embora bastante popular no Nordeste, a potiguar Ferro na Boneca está encerrando suas atividades. Os integrantes foram informados da notícia no início dessa semana.
    Segundo a cantora Flaay Pink, os constantes desentendimentos entre os empresários da banda foi determinante para o fim dos trabalhos. "A Ferro na Boneca possuí três donos. Sabíamos que estavam acontecendo alguns conflitos entre eles, muitas reuniões estavam acontecendo, o fim da banda era um dos assuntos em questão", disse a vocalista. "Mesmo com a falta de organização, nós conseguíamos fazer um bom trabalho, na medida do nosso possível", completou.
    Ainda segundo Flaay, os shows já agendados para o mês de agosto serão cumpridos normalmente. A direção da Ferro na Boneca ainda não se manifestou sobre o ocorrido.

    Fonte: Seu Forró

    Universitários Campestrenses escrevem manifesto

    Meus queridos web leitores, vou abrir um parêntese para publicar esse manifesto e desabafo de uma universitária do município de São José do Campestre, infelismente como é ano eleitoral alguns gestôres procuram a justiça no sentido de aplicar a mordaça nos veículos de informação, não acho justo nós da mídia eletrônica serem punidos por publicar uma nota de alguém que clama pela própria justiça, ainda creio que nosso país precisa ser educado para que daí tenhamos um Brasil de com um futuro mais justo e igualitário.

    Leiam na íntegra o clamor dessa universitária campestrense em nome dos demais colegas que estudam na UEPB em Guarabira PB

    Caro Jk, por gentileza, gostaria que vc divulgasse as injustiças que mais uma vez estão sendo cometidas com a parte "menos favorecida" eu diria, dos universitários campestrenses (aqueles que estudam na UEPB). O prefeito zequinha e seu senso de justiça acaba de sepultar o transporte que beneficia estudantes campestrenses a 16 anos, alegando falta de recursos. É interessante notar que em outros tempos, outros gestores apoiaram totalmente a causa dos estudantes, mantendo a qualquer custo esse transporte, como o tão "demonizado" Dr. laércio e o Sr. João de Hercílio, que comprou um ônibus exclusivo para os estudantes do campus da UEPB de Guarabira. Hoje, nosso prefeito resolve beneficiar estudantes que fazem parte de uma suposta "elite", pois pagam mensalidades altíssimas em universidades da moda na capital do Estado (inclusive filha e sobrinho do ilustre gestor). como se não bastasse, agora a secretaria de transportes e de educação dá o aval para que um carro seja disponibilizado para que somente QUATRO estudantes sejam atendidos, em detrimento dos outros, entre estes quatro uma estudante a qual não gostaria de citar o nome ainda se enche de empáfia, dizendo aos quatro ventos que "mostra que esses outros não vão a lugar nenhum". Gostaria de registrar a minha revolta e dizer que repudio totalmente essa medida infeliz do prefeito, que assim corrobora com o total abandono que paira sobre a nossa cidade (pelo menos para aqueles que não fazem parte da trupe de puxa-sacos que o segue como um séquito de vira-latas.
    VEM AÌ DIA 07 DE OUTUBRO!

    Universitários Abandonados

    Cientista faz alerta mundial: problemas causados pelas mudanças climáticas são maiores do que se imaginava.

    O diretor do Instituto Goddard de Estudos Espaciais da Nasa (agência espacial dos Estados Unidos), James Hansen, advertiu que os problemas causados pelas mudanças climáticas são maiores do que se imaginava. Ele disse que suas projeções sobre o aumento da temperatura global são reais, mas admitiu que “falhou” ao não mencionar que ocorre a uma velocidade superior a que estimava.

    O estudo sobre o tema foi publicado na revista da Academia de Ciências dos Estados Unidos (cujo nome em inglês é Proceedings of the National Academy of Sciences) antecipada após o artigo de Hansen em um jornal norte-americano.
    "A mudança climática está aqui e é pior do que pensávamos", disse o cientista. Em 1988, ele esteve no Senado norte-americano para analisar o assunto. "[Há] um panorama obscuro sobre as consequências do aumento contínuo da temperatura impulsionado pelo uso de combustíveis fósseis", disse. "Tenho uma confissão a fazer: fui muito otimista."

    Para salvar Petrobras, governo sinaliza que pode aumentar gasolina na bomba

    De acordo com o ministro Edison Lobão, o que está dividindo a decisão do governo é a preocupação com a inflação
    Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, afirmou nesta quarta-feira que não “vê nenhum outro instrumento que não seja o reajuste” do preço da gasolina para salvar a Petrobras, após o prejuízo de R$ 1,3 bilhão da petrolífera no segundo trimestre.
    De acordo com Lobão, o que está dividindo a decisão do governo é a preocupação com a inflação. “O reajuste é necessário, há nove anos que não se faz um reajuste na bomba.” O que o governo tem feito é reduzir a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), imposto cobrado na operação de venda da gasolina nas refinarias e distribuidores e que foi zerado.
    “O aumento é uma avaliação que vem sendo feita entre o Ministério da Fazenda e Minas e Energia, mas é algo que não está decidido”, ressaltou. Um reajuste na gasolina, na opinião do ministro, também seria bom para ajudar um aumento na produção de etanol, o que futuramente compensaria o preço da gasolina maior. "Precisamos ajudar o etanol porque temos a necessidade de produzir cada vez mais e os produtores se queixam dos preços baixos, exatamente em razão do preço da gasolina, que também é baixo", disse.
    O ministro disse ainda que o governo gostaria de esperar mais para realizar novo reajuste nos combustíveis, mas que isso pode não ser possível, já que a elevação autorizada em 22 de junho (de 7,83% na gasolina e de 3,94% no diesel) não foi suficiente para cobrir as necessidades da petroleira.
    "A orientação para esperar mais um pouco sempre existe, mas a orientação às vezes se choca com a necessidade. O governo gostaria de esperar mais um pouco, mas a necessidade é tão grande que o governo pode ter que ceder", afirmou.
    IG

    INSS ANTECIPA DÉCIMO DE APOSENTADOS E PENSIONISTAS

    Os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) receberão metade do décimo terceiro salário entre os dias 27 de agosto e 10 de setembro. A antecipação foi autorizada hoje (8) por meio de decreto da presidenta Dilma Rousseff publicado no Diário Oficial da União. Não é cobrado Imposto de Renda sobre essa antecipação. O imposto será descontado na segunda parcela marcada para novembro. Quem recebe amparo previdenciário do trabalhador rural, renda mensal vitalícia, amparo assistencial ao idoso e ao deficiente, auxílio-suplementar por acidente de trabalho, pensão mensal vitalícia, abono de permanência em serviço, vantagem do servidor aposentado pela autarquia empregadora e salário-família não tem direito ao décimo terceiro.

    Postado por Tadeu Nogueira 
    Com informações da Agência Brasil

    Passa e Fica/RN: Prefeitura Paga 14º Salário aos Professores

    Na tarde desta terça feira o Prefeito de Passa e Fica Eng. Pedro Augusto Lisboa PEPEU, AUTORIZOU o crédito na conta dos Professores do Município de Passa e Fica do 14º Salário uma vez que o 13º já havia sido pago aos efetivos, para os contratados foi pago o 13º Salário e com isso foi deve circular na economia do Município mais de 165 Mil Reais, exatamente 165.062,62 (Cento e sessenta e cinco mil sessenta e dois reais e sessenta e dois centavos).

    Segundo o Prefeito o cuidado de pagar em dia e valorizar os profissionais reflete em um trabalho feito com maior qualidade para os alunos do Município. Essa não é a primeira vez que o Município paga alem de 13 salários no ano, ha vários anos que os funcionários da Educação recebem cerca de 15 salários no decorrer do ano, inclusive em um destes anos esse feito foi ate matéria em rede Nacional pois como se sabe os pequenos Municípios enfrentam dificuldades para manter em dia seus compromissos e o nosso desponta como exemplo. Se tudo correr bem em Dezembro terá mais um totalizando 15 Salários no ano. Por Ionaldo Balbino

    Remédio ficará mais barato para idosos

    Foto
    MIN. MARCELO CRIVELLA
    A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou nesta terça (7) o projeto do senador Marcelo Crivella (PRB-RJ), então ministro da Pesca Pesca e da Aquicultura, que permite as farmácias e drogarias venderem remédio a preço de custo aos aposentados pelo Regime Geral da Previdência Social (RGPS).

    O Ministério da Saúde publicará uma lista de medicamentos que poderão ser vendidos nessas condições, conforme a proposta. O benefício será restrito aos aposentados com doenças crônicas, que façam uso contínuo desses medicamentos e que tenham sido atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O projeto ainda será votado terminativamente pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS).