• Últimas Notícias

    quarta-feira, 4 de julho de 2012

    Corinthians vence e é campeão da Libertadores 2012

    Corinthians  campeão da Libertadores 2012 em cima do Boca no Pacaembu. Para levantar a taça, o Corinthians precisava vencer o Boca Juniors. Um novo empate levaria a decisão para a prorrogação e, caso persistisse a igualdade, para os pênaltis – não há o critério gol marcado fora de caso na final da Libertadores. Se for campeão, o Timão levantará a taça invicto, algo que não acontece há 33 anos. O último campeão invicto, aliás, foi justamente o Boca Juniors, em 1978. O Corinthians pode é a nona equipe brasileira a conquistar a Taça Libertadores. O Timão entrou no seleto grupo. Com três títulos, São Paulo (92/93/2005) e Santos (62/63/2011) lideram esse ranking seguidos por Cruzeiro (76/97), Grêmio (83/95) e Internacional (2006/10) com dois títulos, Flamengo (81), Vasco (98) e Palmeiras (99), uma vez cada. O grande herói nesta partida foi o craque Emerson, que fez dois belos gols no segundo tempo. Corinthians campeão da Copa Libertadores 2012.

    » Baixe wallpaper e relembre a campanha do Corinthians campeão

    Jogadora de Vôlei Paraibana é a capa da Playboy do mês de Julho


    Caiu na rede a capa da “Playboy” de julho com a jogadora de vôlei Mari Paraíba. Nesta terça, 3, a revista já havia divulgado um aperitivo, onde ela aparece com renda transparente enquanto tampa partes íntimas com a mão.
    Mari já declarou que o ensaio será sensual e provocante e que passou frio para fazer as fotos.

    A revista também já divulgou fotos do ensaio. No Twitter, a musa do vôlei também desmentiu que teria ganho R$ 250 mil para posar, dizendo que não aceitaria um valor baixo.
    Fonte: ego
    fotos: Playboy

    Mulher que diz ter 300 orgasmos por dia encontra "homem dos sonhos"

    Mulher que diz ter 300 orgasmos por dia encontra 'homem dos sonhos'Portadora da Síndrome da Excitação Sexual Permanente, a britânica Michelle Thompson diz que tem 300 orgasmos por dia e que, finalmente, encontrou o parceiro ideal.
    De acordo com reportagem do jornal “News of the world”, Michelle, de 43 anos, pensava que nunca teria um homem que pudesse satisfazê-la. Depois de alguns namorados, ela encontrou no vizinho Andrew Carr, de 32 anos, a solução para seu problema – o casal afirma que faz sexo 10 vezes ao dia.
    “O Andrew mudou a minha vida. Já não estou à procura de uma cura para o meu problema com os orgasmos. Já o descobri!”, disse a moradora de Nelson, na Inglaterra.
    Segundo Michelle, seu primeiro namorado a deixou porque não aguentava suas exigências. Ao longo dos anos, outros homens também não conseguiam acompanhá-la. “Eu sei que eu tenho sorte de ter tantos orgasmos quando há mulheres que nunca tiveram um. Mas esta situação arruinou a minha vida amorosa”, afirmou.
    O problema causou alguns constrangimentos à britânica, que teve de deixar um emprego em uma fábrica de biscoitos porque ficava excitada com as máquinas.
    Mãe de quatro filhos, Michelle agora pensa em morar com Andrew, o “homem de seus sonhos”. “Eu estive à procura de alguém como ele durante muito tempo. Finalmente, sinto que estou no céu”, declarou.
    Fonte: G1

    Torcedores do Boca são barrados no Pacaembu com ingressos falsos

    A torcida do Boca Juniors sofreu com problemas no Pacaembu, onde acontece, às 21h50m, contra o Corinthians, a finalíssima da Taça Libertadores da América. Cerca de 100 torcedores foram impedidos de entrar no estádio porque estão com ingressos falsos. A polícia teve que agir para contê-los depois que as catracas recusaram os bilhetes.
    Foram disponibilizados 2.450 ingressos para os torcedores do Boca, o mesmo número que os corintianos receberam para ir à Bombonera. Em Buenos Aires, os alvinegros também tiveram problemas com bilhetes falsas.
    Antes de serem liberados para entrar, os torcedores do Boca tiveram de ficar em um local reservado. Apenas quando os portões foram liberados, a polícia deixou os argentinos saírem do local.
    Photobucket

    Deputados aumentam em 30% a verba de gabinete

    A Câmara dos Deputados reajustou em 30% o valor da verba de gabinete, recurso usado pelos parlamentares para o pagamento de funcionários que trabalham nos gabinetes ou nos escritórios políticos nos estados.

    De acordo com Ato da Mesa Diretora 44/2012, publicado hoje (4), a verba passa dos atuais R$ 60 mil para 78 mil. Segundo a Mesa, o reajuste vai recompor o benefício considerando “o desgaste inflacionário”.

    Ainda segundo o documento, as despesas decorrentes da elevação serão custeadas pelas dotações orçamentárias da Câmara dos Deputados. O reajuste não vale para a tabela de vencimentos do Secretariado Parlamentar, fixada por legislação vigente.

    O aumento da verba de gabinete era uma reivindicação antiga dos deputados e assessores que alegam que os funcionários não concursados, que prestam serviços aos gabinetes, estavam há quase cinco anos sem reajuste.

    Pelo regimento, com a verba, cada deputado pode contratar de cinco a 25 secretários parlamentares. Atualmente, os salários desses funcionários variam de R$ 622 a R$ 8.040 mensais.
    Fonte: UOL
    Photobucket

    Governadora decreta estado de calamidade na saúde pública do RN

    Durante entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, a governadora Rosalba Ciarlini decretou estado de calamidade na saúde pública do RN, através do Plano de Enfrentamento para os Serviços de Urgência e Emergência elaborado pelo Governo com o apoio de instituições prevê o investimento total de R$ 32 milhões em várias unidades de saúde do Estado e já foi aprovado pelo Governo Federal.

    “Esse problema não é isolado do Estado, é crônico, vem de muito tempo com soluções temporárias, mas agora estamos agonizando”, afirmou a governadora. Rosalba espera que com a ação sejam aceleradas medidas de reestruturação da rede hospitalar. O estado de clamidade terá duração de seis meses. O Plano de Enfrentamento apresentado pelo coordenador do SAMU, Luiz Roberto Fonseca prevê investimento de R$ 12 milhões do Ministério da Saúde para o Walfredo Gurgel, Maria Alice, Santa Catarina e Deoclécio Marques. Também será solicitada força-tarefa do MS para zerar filas de cirurgias ortopédicas, além de lançamento de parceria público-privada para construção de um novo hospital de trauma.

    Candidatos poderão iniciar campanhas a partir de sexta-feira. Confira as regras

    A partir da próxima sexta-feira (06), carros de som com propaganda dos candidatos poderão ocupar as ruas. Também serão permitidos os comícios e a propaganda eleitoral na Internet, estando proibido qualquer tipo de propaganda paga. Carros de som, comícios e a propaganda na Internet estarão liberados.
    Com o fim do prazo para as convenções partidárias, encerrado no último sábado, 30, começa uma nova etapa, de acordo com o calendário eleitoral. Só em julho, haverá onze datas importantes, que marcam o início ou fim de mais alguma fase ou período de cumprimento de obrigações para com a Justiça Eleitoral.

    Algumas têm mais a ver com o eleitorado, (como a da campanha na rua, comícios e propaganda na Internet), outras dizem respeito aos meios de comunicação. Há ainda aquelas mais burocráticas, que merecem atenção especial dos partidos e dos seus advogados.

    Nesta quinta-feira (5), encerra o prazo para registro das candidaturas, e a partir de sexta (6), será permitida a propaganda eleitoral (que não é ainda o guia eleitoral - que só começa em agosto). Assim, a partir deste final de semana, carros de som com propaganda dos candidatos poderão ocupar as ruas. Também serão permitidos os comícios e a propaganda eleitoral na Internet, estando proibido qualquer tipo de propaganda paga.

    No dia 7 de julho, três meses antes do pleito eleitoral, começa uma nova fase, que deve ser observada especialmente pelos agentes públicos. Eles não poderão, dentre outras medidas, admitir ou demitir servidor público sem justa causa, até a posse dos eleitos, salvas algumas exceções.

    A partir desta data, também não poderão contratar shows artísticos pagos com recursos públicos. Além disso, os candidatos estarão impedidos de comparecer a inaugurações de obras públicas.

    E no dia 31 deste mês, inicia o período em que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pode requisitar de emissoras de rádio e televisão intervalo de até dez minutos diários de sua programação, para divulgar seus boletins e comunicados com instruções, como as que são destinadas aos mesários ou informando mudanças de locais de votação. O calendário eleitoral é definido pelo TSE e tem força de lei. Pode levar à impugnação de candidaturas ou fazer com que os eleitos não possam tomar posse, caso eles, seus partidos ou até aliados percam alguns de seus prazos. Também vira motivo para essas pesadas sanções fazer ou deixar de fazer algo que está previsto no calendário eleitoral.

    Casal é detido após praticar sexo em via pública no Alecrim

    Uma ocorrência inusitada foi registrada na noite desta terça-feira (3), na Delegacia de Plantão da Zona Sul de Natal. Um casal foi detido por policiais civis após ser denunciado por moradores por estar praticando sexo em plena via pública. Ao chegarem no local os agentes se depararam com uma adolescente de 17 anos e um jovem de 21 em condições inadequadas para o local e acabaram detidos por atentado ao pudor.
    Na delegacia, a adolescente se mostrou bastante agressiva e revoltada com a detenção e acabou sendo apreendida por desacato a autoridade.
    No entanto após a autuação e serem ouvidos pelo delegado, os jovens foram liberados. O rapaz, que terá o seu nome preservado saiu primeiro, já a adolescente só poderia ir embora com os responsáveis. Detalhe que a revoltou mais ainda fazendo com que ela partisse para a agressão ao namorado.
    Foram vários chutes e socos em desferidos em direção ao rapaz que por sua vez se defendeu mobilizando a namorada com um golpe mata-leão.
    A cena de pancadaria aconteceu na porta da delegacia e foi registrada pela equipe da TV Ponta Negra que fazia a cobertura de uma outra matéria. Depois dos ânimos acalmados os dois voltaram para o interior da Plantão e só foram liberados três horas depois.
    Por Sérgio Costa
    Foto: Sérgio Costa/Portal BO

    Sindicalistas prometem apagão nos cartórios eleitorais

    Servidores de 19 Estados marcaram paralisações para hoje e amanhã, últimos dias do prazo de registro de candidaturas para as eleições deste ano, para pressionar governo federal

    Sindicalistas prometem apagão nos cartórios eleitoraisOs candidatos municipais terão problemas para registrar suas candidaturas nos cartórios eleitorais de 19 Estados. Servidores marcaramparalisações para hoje e amanhã, últimos dias do prazo de registro de candidaturas para as eleições deste ano. Leia na matéria da Folha:
    Para pressionar o governo federal e os políticos, servidores da Justiça Eleitoral de 19 Estados marcaram paralisações para hoje e amanhã, últimos dias do prazo de registro de candidaturas para as eleições deste ano. Sindicalistas prometem um "apagão" nos cartórios eleitorais de AL, AM, BA, DF, ES, GO, MA, MG, MT, PB, PE, PI, RJ, RN, RO, RS, SC, SP e TO.
    Segundo a Fenajufe, a federação nacional da classe, o alcance do movimento pode ser maior, pois há uma convocação para que os funcionários do Judiciário Federal de todos os Estado participem da greve de 48 horas.
    Os alvos do movimento são o governo e os políticos porque os servidores dependem deles para que ocorra um reajuste de 31% nos salários da categoria.
    O aumento só sairá se o Congresso Nacional aprovar um novo plano de cargos e salários para a categoria.
    Em São Paulo, os servidores estão em greve desde o dia 28. Ontem, a adesão ao movimento na sede do TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de São Paulo foi de 25%, segundo a assessoria do órgão.
    O Sintrajud, sindicato local, estimou que 80% dos servidores cruzaram os braços ontem.
    Na frente dos prédios do TRE e da 1ª Zona Eleitoral (local de registro de candidaturas na capital), os grevistas fizeram piquetes e montaram tendas.
    Constrangidos, alguns servidores, advogados e candidatos deixaram de entrar nos edifícios da Justiça.
    A Polícia Militar aumentou seu efetivo nos locais e houve bate-boca entre sindicalistas e policiais.
    Fonte: Brasil 247