• Últimas Notícias

    domingo, 10 de junho de 2012

    Vasco segue 100% no Campeonato Brasileiro

    Com um golaço de Diego Souza, o Vasco venceu o Bahia por 2 a 1 neste domingo, no estádio Pituaçu, manteve o 100% de aproveitamento e a liderança no Brasileirão. Diego Souza e Juninho Pernambucano marcaram para o time de Cristóvão Borges. Júnior descontou para os rivais. Com o resultado, o Vasco ficou com 12 pontos. Já o Bahia segue sem vencer e está na zona do rebaixamento, com 2 pontos.
    Na próxima rodada, o Cruz-Maltino visita o Palmeiras, na Arena Barueri, domingo, às 16h. O Bahia recebe o Sport, no mesmo horário, no estádio Pituaçu.
    Fonte: Band

    Vereadores de São José do Campestre ignoram a lei eleitoral e fazem programa hoje em emissôra de rádio

    Contrariando a Lei Eleitoral que proíbe a partir de hoje dia 10 de junho a apresentação de programas de rádio e TV por parte de postulantes aos cargos de prefeito e vereador nas eleições deste ano, os vereadores Fernando Cruz (PSB) e Nenem Borges (PC do B) de São José do Campestre decidiram peitar a justiça eleitoral até porque isso já se tornou uma constante em Campestre, haja visto que o prefeito da nossa cidade jamais cumpriu uma ordem da justiça ou MP.

    Nos discursos inflamados o mais eloquente foi o Vereador Fernando Cruz, alegre pela condenação do seu arqui rival e inimigo político pelo TCE, Fernando estranhamente pronunciou pela primeira vez o nome de seu inimigo Dedé Mendonça nos microfones da rádio Serrana de Araruna. Fernando cobrou dos Blogs uma divulgação e cobrança de atos ilícitos supostamente promovidos na gestão Dedé Mendonça. Apenas quero aqui abrir uma observação ao ilustre vereador que nosso Blog O Paralelo na época (2009) não existia, nosso Blog surgiu em 01 de junho de 2011.

    O vereador Fernando Cruz fez acusações graves contra o sindicato dos professores ao qual chamou de irresponsáveis os integrantes do Sinte RN, no caso a vereadora Iria e Marcondes e foi mais além, Fernando afirmou que ambos foram coniventes nos desvios de recursos do FUNDEB na administração do ex-prefeito José André de Mendonça, Fernando disse que vai entrar com uma representação no MP contra as pessoas citadas. Uma coisa me chamou a atenção sobre o vereador era que hoje ele estava diferente de outros programas, ou seja sua voz estava um pouco alterada e as vezes não dava para entender o que ele falava.

    No pronunciamento um pouco mais brando, o vereador Nenem Borges falou do seu empenho em construir mais cisternas e o caminho que o agricultor deveria tomar para obter recursos juntos aos bancos, disse não ler os Blogs mas com tom de deboche alfinetou Dedé Mendonça e com tom crítico disse estar triste com a condenação do ex-prefeito e vereador Dedé Mendonça.

    É meus amigos a temperatura vai subir nas eleições deste ano em Campestre, isso porque na terça feira (12) novamente os fogos estarão pipocando novamente com a divulgação dessa famigerada lista dos fichas sujas.

    E pra finalizar o que de início citei o calendário eleitoral determina que a partir deste domingo e até o final das eleições, candidatos que concorrerão a um cargo eletivo em 2012 não podem mais apresentar programas de rádio e de televisão, nem participar como comentaristas.
    COM A PALAVRA A JUSTIÇA ELEITORAL

    Enigma: Marta Suplicy pode trocar PT pelo PMDB

    Um artigo publicado pela senadora Marta Suplicy na semana passada, intitulado “Travessia”, passou a ser encarado nos meios políticos como um enigma a ser decifrado. Marta falava em “abandonar as roupas usadas” e no “tempo da travessia”.
    Marta falava, inclusive, da dor de um rito de passagem. “Não se chega à outra margem do rio sem respingos. Há risco de afogamento. O difícil é fazer o percurso, mas, se vislumbrada a chegada, não há força que segure a mudança e o crescimento”, afirma. De quem ela falava? De si própria?
    O rumor que se espalha nos meios políticos é o de que Marta poderá trocar o PT pelo PMDB, empenhando seu apoio, na sucessão paulistana, ao candidato Gabriel Chalita. Seria um golpe duro na candidatura de Fernando Haddad, que tem custado a decolar e apresentado dificuldades para fechar alianças.
    Detalhe: o novo companheiro de Marta, Márcio Toledo, é filiado ao PMDB. Leia, abaixo, o artigo “Travessia” de Marta:

    Serra de São Bento/RN: MP apura atraso de salários dos funcionários da prefeitura

    Com informações divulgadas pelo Panorama Político, o promotor Flávio Henrique de Oliveira Nóbrega instaurou inquérito civil público para apurar a denúncia de atraso no pagamento dos salários dos servidores da Prefeitura de Serra de São Bento. A denúncia chegou ao MP através de representação popular.
    Para investigação a primeira providência do promotor foi recomendar ao prefeito municipal que no prazo de 30 dias regularize o pagamento de todos os servidores públicos.

    TSE julgará esta semana representação que pede liberação de candidaturas dos políticos com contas desaprovadas

    Na próxima terça ou quinta-feira a atenção dos pré-candidatos ao pleito 2012 estará focada no Tribunal Superior Eleitoral. Da Corte máxima da Justiça Eleitoral virá a decisão sobre o recurso impetrado por 18 partidos políticos que entraram com recurso contra a resolução do TSE que proíbe a candidatura de políticos que tiveram contas desaprovadas. No Rio Grande do Norte, o mais recente levantamento feito pelo Tribunal Regional Eleitoral mostra que quase 90 políticos estão enquadrados nessa restrição do TSE.
    A corregedora da Corte, ministra Nancy Andrighi, colocará na pauta de votação o recurso impetrado pelas 18 legendas, capitaneadas pelo PT. Na prática, os representantes partidários querem a derrubada da restrição. Panorama Político

    Operação Sinal Fechado: “Quem toca a prefeitura é Vagner Araújo”, disse Alcides Barbosa

    Os prefeitos de Parnamirim, Maurício Marques (PDT), e de Natal, Micarla de Sousa (PV), são citados no depoimento dado por Alcides Barbosa ao Ministério Público do RN. A citação de ambos se relaciona ao negócio de construção de casas que Alcides pretendia iniciar no estado.

    Alcides não esteve com Maurício Marques mas diz em seu depoimento que negociava a construção de casas com a prefeitura de Parnamirim através de um intermediário. Em determinado momento da negociação Alcides foi informado pelo intermediário que o prefeito pretendia ter a sua parte no negócio depois que as casas estivessem prontas e fossem comercializadas.

    A prefeita Micarla de Sousa é citada também em virtude do negócio das casas. Alcides teve encontros com Micarla e com os secretários Vagner Araújo e Alcedo Borges. “Quem toca a prefeitura é Vagner Araújo”, disse Alcides ao Ministério Público.

    Alcides esteve várias vezes com Micarla e Vagner tentando elaborar o projeto das casas. Micarla se interessou pelo projeto mas preferiu se encontrar com Barbosa em Brasília, porque em Natal ele estava muito marcado pelo relacionamento com George e a inspeção veicular.

    Como foi feito o entendimento?

    Pablo, arquiteto ligado a Iberê, chamou Alcides para um encontro no escritório dele. Estavam Alcedo Borges, secretário de Ação Social de Natal e o chefe da Casa Civil de Belém. Pablo fez o projeto. “Micarla conheceu o projeto e se apaixonou, mas disse que não conversaria sobre o assunto aqui em Natal”, disse Alcides.

    Em Brasília, Alcides se encontrou com Micarla, Vagner Araujo e Alcedo Borges. Ficaram de discutir, mas a prefeita não tinha área para realizar o projeto. Micarla chegou a imaginar desapropriar uma área do município de Parnamirim para realizar o projeto - até que alguém lhe explicasse que a prefeitura de Natal não poderia construir em ou desapropriar uma área de outro município.

    Alcides tentou envolver a construção das áreas comuns dos condomínios de casas com tecnologia de micropavimento asfáltico da Petrobras, em um projeto do governo federal que possibilitava a troca por royalties de petróleo, nas cidades que recebem, ou nas obras de mobilidade urbana das cidades-sede da Copa do Mundo.

    Depois que o negócio das casas não prosperou, Alcides voltou a conversar com Vagner sobre o interesse de uma construtora de realizar obras de UPAs com tecnologia diferenciada.

    Outro momento em que Micarla de Sousa é citada diz respeito ao papel de Marco Doninelli na organização de George Olímpio. Marco era o guru espiritual de George. Inclusive Alcides Barbosa esclarece que algumas conversas que Marco travou - e foram interceptadas - versavam sobre trabalhos espirituais que Doninelli fazia para George (com o uso de expressões como “tinha duas armadas” ali). Marco Doninelli atribuía o sucesso financeiro e empresarial de George Olímpio aos seus trabalhos espirituais.

    Alcides esclarece, também, que percebeu, em vários momentos, que os assuntos que conversava com Marco terminavam sendo usados por esse para se valorizar diante de George Olímpio. Marco transformava as confidências de Alcides Barbosa em “visões” para George Olímpio.

    O Ministério Público quis, então, saber qual a relação de George e Marco com Micarla de Sousa e seu marido, Miguel Weber. Alcides não sabe de nada, a não ser que, antes de trabalhar para George Olímpio - que lhe devia dinheiro -, Marco fazia trabalhos espirituais para Micarla. Confirmando um boato que corria na cidade há bastante tempo.

    Micarla de Sousa, do alto de seus 91,44% de rejeição popular e como evangélica recém-convertida, podia explicar as relações que manteve com Alcides, George e com o líder espiritual Marco Doninelli. Esclareceria muita coisa.
    Fonte: Blog do Daniel Dantas