• Últimas Notícias

    terça-feira, 31 de julho de 2012

    Microsoft vai acabar com o Hotmail

    Após 16 anos de existência, a Microsoft elimina a marca “Hotmail” para seus serviços de e-mail e a substitui pelo “Outlook.com”.

    O site do Hotmail continuará no ar e os usuários não serão forçados a mudar por enquanto. Ainda será possível enviar mensagens para o endereço de e-mail “@hotmail.com”, mas seu domínio em breve mudará para “@outlook.com”.

    A Microsoft permitirá que os usuários escolham outro nome para o endereço de e-mail, mantendo o hotmail como uma espécie de endereço alternativo ao novo Outlook.
    O novo serviço será acessível pela web e será compatível com clientes Exchange ActiveSync e POP3.

    Assim como o recém-lançado Office 2013, o novo Outlook traz conexão com a nuvem, mensageiro instantâneo embutido e videochamadas pelo Skype.

    “Nós acreditamos que podemos fazer muito mais que um webmail. Decidimos então que era o momento certo para uma mudança”, afirmou a Microsoft.

    A mudança prepara os serviços da Microsoft para o lançamento do Windows 8, programado para 26 de outubro, trazendo o estilo Metro para o novo Outlook. O serviço online já está disponível para todos.
    Fonte: O Comunicador/info exame
    Photobucket

    Presidente do conselho regional de medicina diz que UFRN não tem autonomia para realizar mudanças de curso de medicina

    O presidente do Conselho Regional de Medicina do RN (CREMERN) Jeancarlo Cavalcante, em entrevista a imprensa de Caicó disse que a UFRN não tem autonomia para realizar a mudança do curso de medicina de Caicó para Santa Cruz, segundo Jeancarlo, as vagas priorizadas são destinadas para as regiões de maior carência a partir de estudos técnicos do MEC e do Ministério da Saúde. Mas a UFRN tem sim meios de argumentar com o MEC visando à alteração. A expansão e criação de novos cursos de medicina nas Universidades Federais foi publicado no DOU (Diário Oficial da União) sob a portaria 109 de 5 de junho de 2012 e para Caicó foram destinadas 40 vagas. O Cremern é contra a abertura de novas escolas de medicina sem as devidas condições para a boa formação do profissional. Santa Cruz é dotado de um hospital Maternidade escola de méritos reconhecidos, por pertencer a UFRN quem ousaria em desaprovar ou deixar de argumentar a criação de vagas para o curso de medicina na capital do Trairí.
    Maria Clara Photobucket

    Thomaz Bastos abandona mesmo defesa de Cachoeira

    Foto extraída da internet
    O escritório do jurista e ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos anunciou nesta terça-feira que ele deixa oficialmente a defesa do empresário-contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. A saída será protocolada no processo em curo na Justiça, sem pronunciamento formal.
    A detenção de Andressa Mendonça, mulher de Cachoeira — que tentou chantagear o juiz federal de Goiânia — foi a "gota d'água" de uma situação crítica que se alongava já há algumas semanas. Recentemente, uma advogada do escritório de Thomaz Bastos, Dora Cavalcanti, foi agredida verbalmente por Cachoeira. Segundo advogados da equipe, não há previsão de pagamento por ressarcimento ao réu.
    O empresário-contraventor, que responde agora a processo criminal na Justiça federal, é acusado de comandar um esquema de jogos ilegais e de corrupção de agentes públicos, e está preso desde fevereiro deste ano. Na segunda-feira, sua companheira foi detida sob suspeita de tentar corromper o juiz responsável pela Operação Montecarlo, que resultou na prisão do empresário.
    Andressa prestou depoimento e pagou fiança de R$ 100 mil para ser liberada. Segundo o juiz federal Alderico Richa Santos, Andressa o ameaçou com a divulgação de um dossiê contra ele caso a prisão de Cachoeira não fosse revogada. O documento seria publicado pela revista Veja


    Photobucket

    Ministério Público investiga gastos com festas juninas

    Pelo menos, doze prefeituras do Rio Grande do Norte, que realizaram festas, nos últimos anos, com a contratação de bandas, estão na mira do Ministério Público Federal e Estadual. O MPF/RN possui, atualmente, oito procedimentos administrativos que investigam o repasse de verba federal para sete prefeituras. O dinheiro custeou  festejos juninos. Já o MP/RN instaurou inquérito contra, pelo menos, seis prefeituras.


    Segundo as informações divulgadas pela Assessoria de Comunicação do MPF "ainda não é possível afirmar se há desvio de recursos públicos, pois os procedimentos ainda estão em fase de apuração". O MPF não liberou o valor dos contratos investigados. Um levantamento feito pela TRIBUNA DO NORTE no portal da Transparência do Governo Federal mostrou que nos anos de 2010 e 2011, o Ministério do Turismo liberou R$ 5,5 milhões para realização de festividades em diversos municípios potiguares.

    Correios abrirão até 6 mil vagas em novo concurso

    Mais um grande concurso público é aguardado para este segundo semestre: os Correios vão oferecer até 6.606 oportunidades. Segundo a empresa, apesar de ter recebido a autorização do Ministério do Planejamento para contratar 9.904 funcionários, 3.302 já foram admitidos pelo cadastro de reserva do último processo seletivo.

    O quantitativo final das oportunidades para a nova seleção dependerá do banco de aprovados no concurso de 2011, que ainda está na validade. Onde a estatal não tiver mais quadro de reserva, as vagas serão oferecidas por meio do novo edital.

    Boa parte dos postos deverá ser de nível médio, especialmente para carteiro e operador de triagem e transbordo. O salário de ambos é de R$ 1.757,75, mais tíquete-alimentação e vale-cesta.

    Quem quiser se adiantar pode estudar o conteúdo programático da seleção anterior. A prova objetiva teve questões de Português (20 perguntas), Matemática (20) e Informática (20).

    Fonte: Blog do Erinilson Cunha
    Photobucket





    GIJA E TARCÍSIO TEM REGISTROS DE CANDIDATURAS NEGADOS PELA JUSTIÇA ELEITORAL

    A Justiça Eleitoral negou o registro de candidatura de dois candidatos a prefeito da região Trairi. O candidato a prefeito de Tangará Giovannu César Pinheiro Alves (Gija – PMN) e o candidato a prefeito de Japi Tarcísio Araújo de Medeiros(Tarcísio – PR) tiveram seus registros negados.

    De acordo com a Justiça Eleitoral, as candidaturas não foram deferidas, pois os candidatos são ex-gestores dos respectivos municípios e tiveram suas contas desaprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) ou o Tribunal de Contas da Uniã0 (TCU).

    As condenações são características de candidatos Fichas-sujas, de acordo com a Lei da Ficha-limpa, e com isto, tiveram seus registros negados pela Justiça Eleitoral.
    Na sentença de Tangará Giovannu César Pinheiro Alves (Gija – PMN), o juiz da 53ª Zona Eleitoral, Flávio Ricardo Pires, "Em conseqüência da decisão do item "a", nos termos do, e art. 47, da Resolução/TSE nº 23.373/12, INDEFIRO o pedido de registro da chapa majoritária, formulado pela Coligação "TANGARÁ UNIDO", tendo como candidato a PrefeitoGIOVANNU CÉSAR PINHEIRO ALVES e a Vice-prefeito EWERTON THIAGO DE LIMA SILVA, no Município de TANGARÁ/RN, reconhecendo em desfavor do candidato a Prefeito GIOVANNU CÉSAR PINHEIRO ALVES as causas de inelegibilidades previstas no artigo 1º, I, alínea "g" e "l", da Lei Complementar nº 64/90, facultando à Coligação, nos termos do parágrafo único, do art. 50, da Resolução/TSE nº 23.373/11, indicar substituto ao candidato considerado inapto nesta decisão", sentenciou titular da 53ª Zona Eleitoral.

    Já de acordo com a sentença contra Tarcísio Araújo de Medeiros (Tarcísio – PR), o juiz da 16ª Zona Eleitoral, Ricardo Antônio M. Cabral Fagundes, "à vista do exposto, com fulcro no art. 50, caput e parágrafo único, JULGO PROCEDENTE o pedido de impugnação apresentado pelo Ministério Público Eleitoral e, por consequência, INDEFIRO o pedido de registro da chapa formada pelos candidatosTARCÍSIO ARAÚJO DE MEDEIROS, para Prefeito, e JOSÉ DARCI DE MEDEIROS, para Vice-Prefeito, ante a incidência do primeiro na causa de inelegibilidade prevista no art. 1º, I, "g", da Lei Complementar n. 164/90″, proferiu em sua sentença o magistrado.


    As impugnações são em primeira instancia e cabe recurso contra a decisão dos magistrados

    As Rapidinhas da Madrugada na terça (31)

    Campestre RN

    A candidata a prefeita pelo município de São José do Campestre, Sione Ferreira (PMN) da coligação "Campestre para o povo", teve seu pedido de candidatura deferido pelo Justiça Eleitoral. Sione é candidata a prefeita pela oposição e teve um pedido de impugnação contra seu nome movido pela coligação "Campestre no caminho certo", encabeçada pelo candidato a reeleição Zequinha Borges. Sione 33 como esperado disponta na preferência do eleitorado daquele município uma vez que sem a máquina na mão e com pouquíssimos recursos ela arrebanha uma multidão em suas andanças pelas ruas, fato surpreendente foi flagrado na foto acima e enviado por colaboradores onde em menos de 24 em um simples apitaço, milhares de pessoas se vestiram de vermelho a saíram nas ruas numa verdadeira onda vermelha. Segundo informações, fontes ligadas a coligação do bacurau tentou amenizar a demostração de apoio do povo a Sione, mas disseram, "Essa mulher é forte mesmo!"

    Campo Redondo RN

    As eleições deste ano no município de Campo Redondo continuam indefinidas, das três candidaturas para prefeito apenas  uma candidatura tem seu registro deferido até o momento segundo o TSE, apenas a coligação Oposição Ficha Limpa encabeçada pelo candidato a prefeito pelo PSDC Cortez Junior está com a sua situação regularizada, quanto ao registro de candidaturas das coligações Campo Redondo no Rumo Certo encabeçada pelo candato a reeleição Carlinhos da Apame aparece no sistema como Indeferida e a coligação Campo Redondo Melhor pra Você  do candidato Welb aparece na situação de Indeferida com Recurso.

    Natal

    Em Natal, Hermano Morais, prefeitável do PMDB, nega que irá receber apoio da atual prefeita, Micarla de Sousa, em sua candidatura a sucessor da gestora. Segundo Hermano, essa é uma estratégia de adversários que querem ver, assim, a não evolução de Morais nas pesquisas. Os boatos sobre a parceria surgiram após nomes fortes da política natalense, todos ligados direta ou indiretamente a Micarla, anunciarem apoio total a candidatura de Hermano.

    Santa Cruz

    Comentasse que um candidato na capital do Trairí já congitou a possibilidade de desistir de sua candidatura e apoiar um outro candidato, aguardemos porém essa decisão do candidato.

    Brasília

    O Senado Federal vai publicar amanhã (31) os salários de seus servidores efetivos e comissionados. Os vencimentos ficarão no Portal da Transparência da Casa e serão apresentados de forma individual, com o nome de cada servidor. A medida foi tomada em obediência a Lei de Acesso à Informação, que obriga órgãos do Executivo, Legislativo e Judiciário a fornecerem informações sobre suas atividades e seus funcionários.

    Aposentadoria

    O governo quer implementar a idade mínima para a concessão da aposentadoria por tempo de contribuição para novos segurados --aqueles que ainda não ingressaram no mercado de trabalho.
    Embora não tenha apresentado nenhum projeto formal, a equipe econômica do governo defende para a aposentadoria de futuros trabalhadores as idades mínimas de 65 anos (homens) e 60 anos (mulheres). A proposta mantém o tempo mínimo de contribuição atual --35 e 30 anos, respectivamente.

    São Bento do Trairí RN

    Das três candidaturas a prefeito do município de São Bento do Trairí, pelo menos uma já foi julgada. O candidato Jailton Soares da Silva do PMN, teve sua candidatura indefirida com recurso.
    Os dados estão no DivulgaCand que ainda aponta que os outros dois candidatos a prefeito esperam o julgamento das suas candidaturas.

    Alerta! Álcool pode acentuar em até três vezes efeito de remédios, diz estudo

    Ingerir bebida alcoólica enquanto há uso de medicamentos pode ser mais perigoso do que se imagina, afirma um estudo divulgado no jornal científico “Molecular Pharmaceutics”.
    De acordo com os pesquisadores, o álcool pode aumentar em até três vezes a dose original de medicamento e seu efeito no corpo.Segundo Christel Berstrom, autor do estudo, o álcool pode alterar a interação de enzimas e de outras substâncias corporais quando entra em contato com ao menos 5 mil medicamentos disponíveis no mercado, vendidos com ou sem prescrição médica.

    Alguns desses remédios não se dissolvem totalmente no trato gastrointestinal – especialmente no estômago e no intestino. Os pesquisadores testaram então se com o álcool, essas drogas poderiam se dissolver mais facilmente e descobriu-se que a combinação intensificava o efeito do medicamento.Foram testados 22 remédios e 60% deles apresentaram mostras que teriam os efeitos superdimensionados. Alguns tipos de substâncias, principalmente as ácidas, são as mais afetadas – como o anticoagulante varfarina ,o tamoxifeno, usado para tratamento de cânceres e o naproxeno, responsável por aliviar dores e inflamações.



    segunda-feira, 30 de julho de 2012

    TRE RN cassa mandatos de vereadores em Mossoró e Jaçanã

    Em Sessão realizada nesta tarde (30), a Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte julgou procedente mais duas ações de perda de cargo eletivo por desfiliação partidária provenientes dos municípios de Mossoró e Jaçanã. Dois vereadores perderam seus mandatos porque não conseguiram comprovar motivos que justificassem suas saídas da agremiação para a qual tinham sido eleitos.
    Na ação de Mossoró, a qual o Ministério Público Eleitoral pleiteava a decretação de perda de mandato eletivo por desfiliação partidária do vereador Flávio Tácito da Silva Vieira, eleito pelo Partido Social Liberal (PSL) nas eleições municipais de 2008, a alegação da defesa foi de que houve grave discriminação pessoal, caracterizada pelo “desprestígio e perseguição” que o vereador vinha sofrendo por parte da cúpula partidária. Todavia, o desembargador Amílcar Maia, relator, concluiu que o que se pode extrair das provas dos autos é que “a desfiliação partidária não decorreu da prática de qualquer espécie de discriminação, mas apenas resultou de uma insatisfação do peticionado em relação aos seus próprios interesses políticos”. Assim, votou pela procedência do pedido, o que foi acompanhado à unanimidade pelos demais Membros da Corte Eleitoral.
    Outro vereador que perdeu o mandato foi José Gelzo Nascimento dos Santos, eleito pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) do município de Jaçanã. Neste caso, o Ministério Público Eleitoral, autor da ação, pleiteava a perda do cargo eletivo do vereador que se desfiliou da agremiação sem justa causa para filiar-se ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB). O vereador alegou ter sofrido grave discriminação pessoal, promovida pelo então presidente do diretório do PTB no município, que obstaria a sua candidatura ao pleito de 2012. Em seu voto, o relator, juiz Ricardo Procópio, disse que diante do que foi apresentado nos autos, não foi comprovada, em qualquer das situações alegadas, a prática de grave discriminação pessoal, tampouco qualquer outra hipótese de justa causa para desfiliação partidária sem perda do mandato, votando assim pela procedência do pedido. O voto foi acompanhado à unanimidade pelos Membros da Corte.
    TRE RN

    AGENDA DA COLIGAÇÃO SANTA CRUZ DA GENTE


    --
    ASSESSORIA DE IMPRENSA DA COLIGAÇÃO "SANTA CRUZ DA GENTE"

    Santa Cruz/RN: Acusado de assassinar o jovem Herbert Diego se entrega a polícia na tarde de hoje

    Na tarde desta segunda feira (30), se apresentou na 9ª DRP Civil de Santa Cruz acompanhado de um advogado, Ivan da Silva Nascimento, vulgo Galeguinho do açude, (foto ao lado) residente na Rua Santo Antonio no bairro Paraíso, segundo informações ele é acusado de assassinar na madrugada do último sábado o jovem Herbert Diego Assan Souza da Silva, 27 anos, no bairro 3 a 1, em Santa Cruz. Na delegacia Ivan recebeu voz de prisão por haver um mandato de prisão preventiva decretada no dia de hoje pelo juiz de direito desta comarca, Dr. Ricardo Antonio M. Cabral Fagundes. Reveja o caso clicando AQUI

    .

    Prefeitos de Passa e Fica e Lajes perdem o mandato por infidelidade partidária

    Prefeito Pepeu
    Em Sessão Plenária na tarde desta segunda-feira (30), a Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte julgou procedente duas ações de perda de cargo eletivo por desfiliação partidária sem justa causa, ajuizadas pelo Ministério Público Eleitoral (MPE), contra os prefeitos Pedro Augusto Lisboa, do município de Passa e Fica, e Luiz Benes Leocádio de Araújo, de Lajes. Ambos os prefeitos perderam os mandatos, tendo em vista que a Corte não reconheceu a ocorrência de motivos que estivessem abrangidos pelas possibilidades de desfiliação sem perda do mandato previstas na Resolução 22.610/2007, do Tribunal Superior Eleitoral.
    Na ação proveniente de Passa e Fica, o prefeito Pedro Augusto Lisboa, eleito pelo Partido Progressista (PP), alegou que se desfiliou da agremiação para filiar-se ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) por ter sofrido grave discriminação pessoal, em razão da perseguição política do atual presidente estadual do PP, desrespeito do Diretório Nacional do PP, além de total desorganização partidária e mudança constante de comissão provisória do diretório estadual. Pedro Augusto alegou, ainda, que representantes do partido teriam se mobilizado para tentar regularizar a sua situação, mas não conseguiram, e que o Presidente Nacional do PP teria autorizado a saída de todos os prefeitos e vereadores insatisfeitos.
    Prefeito Luiz Benes Leocádio
    Em seu voto, o juiz Jailsom Leandro, relator, entendeu que as provas constantes nos autos mostram que havia, de fato, desentendimentos e grupos políticos divergentes dentro do próprio PP. Todavia concluiu que houve “insatisfação do peticionado e de seu grupo com a escolha de seu adversário para presidir o partido e não ofensa direta a ele ou discriminação grave contra a sua pessoa, mas apenas uma opção escolhida pelo diretório nacional, o que não é razão para a desfiliação sem justa causa”. Assim, diante da existência de meras divergências partidárias, mas não de discriminação pessoal e política de natureza grave, o magistrado votou pela procedência do pedido, decretando a perda do mandato do prefeito de Passa e Fica, com indicação para que seja empossado o vice-prefeito. O voto foi acompanhado pelos juízes Ricardo Procópio e Nilson Cavalcanti e pelos desembargadores Amílcar Maia e Saraiva Sobrinho. O juiz Nilo Ferreira divergiu do entendimento e o juiz Verlano Medeiros alegou suspeição.
    No caso do município de Lajes, o prefeito Luiz Benes Leocádio de Araújo, eleito pelo PP, alegou que pediu desligamento do partido, em virtude de instabilidade causada pelas sucessivas mudanças de comando do PP, através de sua Comissão Executiva Provisória Estadual do RN, e que o partido não estava lhe dando apoio político, nem ao seu grupo político. Argumentou ainda que o Partido Progressista além de ser desorganizado e não respeitar os seus filiados entregou a direção estadual a pessoas que não eram comprometidas com o crescimento da representação democrática, o que teria criado um clima insustentável e de antagonismo político.

    Justiça rejeita cinco candidaturas a prefeito no RN

    De acordo com o DivulgaCand2012, cinco candidatos a prefeito tiveram seus pedidos de postulação negados pela Justiça. São eles: Abelardo Rodrigues (DEM – Alto do Rodrigues), Felipe Muller (PP – Caiçara do Rio do Vento), Carlinho da Apami (PR – Campo Redondo), Mario (DEM – Rafael Fernandes) e Manoel Candido (PT – Serra do Mel).
    Em Alto do Rodrigues, Caiçara do Rio do Vento e Serra do Mel restará apenas um candidato na disputa caso os recursos que os rejeitados apresentaram à Justiça sejam indeferidos.
    A Justiça Eleitoral tem até 5 de agosto para julgar todos os recursos de regularização de candidaturas. No total, 413 pessoas apresentaram candidaturas ao Executivo no RN, e 7716 ao Legislativo.
    Candidaturas a prefeito rejeitadas:
    Alto do Rodrigues (Abelardo Rodrigues – DEM)
    Caiçara do Rio do Vento Felipe Muller (PP)
    Campo Redondo (Carlinho da Apami – PR)
    Rafael Fernandes (Mario – DEM)
    Serra do Mel (Manoel Candido – PT)
    Por Robson Pires

    Corrupção: Prefeitos beneficiavam parentes em esquema de desvio de verba na PB

    Pão e Circo e o superfaturamento de eventos são destaque na TVSão João, Carnaval, Ano Novo. Para a maioria dos brasileiros, é época de se divertir. E, para uma minoria de gente desonesta, época também de desviar dinheiro público. Prefeitos de cidades muito pobres do Nordeste são acusados de promover eventos superfaturados e botar no bolso mais de R$ 60 milhões, que deveriam ser usados pra beneficiar a população.

    CLIQUE AQUI E VEJA A MATÉRIA COMPLETA

    Uma rua de terra leva a uma empresa milionária. No papel, JC Produções é uma experiente firma de eventos. Nos últimos três anos, venceu 231 concorrências de prefeituras. Faturou R$ 3 milhões.

    Também no papel, a sede é a casa da Joelma e do Seu Jorge. “Nenhuma empresa de eventos. Só essa casinha aqui, a casa do meu pai”, ela conta.

    O endereço deles foi usado para montar uma das empresas fantasmas envolvidas em um esquema milionário de desvio de dinheiro público. Ao todo, 27 pessoas foram presas. A quadrilha agia em 30 cidades paraibanas e em mais três estados do Nordeste.

    No grupo havia até prefeitos: Francisco de Assis Melo, de Solânea, João Clemente Neto, de Sapé, e Renato Mendes, de Alhandra.

    O esquema foi desvendado pelo Ministério Público da Paraíba e pela Polícia Federal. O foco da quadrilha era o dinheiro de festas populares, como Carnaval e São João. Os prefeitos envolvidos tinham uma missão: fraudar contratos para que empresas de amigos conseguissem os serviços.

    Sitio Novo: Câmara aprova instalação de CPI contra prefeita Wanira

    Sete dos nove vereadores presentes na sessão ordinária da última sexta-feira (27) votaram em plenário o requerimento idealizado pela vereadora Joana D’arc Fernandes e requerido pelo vereador José Luvas da Silva, em favor da instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI, com o objetivo de investigar irregularidades já detectadas pela Controladoria Geral da União – CGU, na aplicação de recursos federais oriundos do Convênio nº 688/2005. Celebrado entre o município de Sítio Novo/RN e o Ministério da Integração Nacional, para Construção do Açude Comunitário João Raimundo da Silva referente ao Convite nº 018/2006.
    Entre os vereadores presentes na sessão que votaram favorável a instalação da CPI estavam; José Lucas da Silva, Joana D’arc Fernandes, Lucinalva Régia de Lira, Inácio Marcos da Silva e Luzia Isaura dos Santos. Já as vereadoras Janiere Ferreira de Lima e Maria Judrene de Lima não seguiram os colegas e votaram não ao requerimento.
    Fonte: GiroRN

    Na volta de Ceni, São Paulo humilha o Flamengo que cai de quatro

    Não poderia haver situação melhor para o retorno de Rogério Ceni. Na partida que marcou a volta do goleiro, que estava lesionado, o São Paulo goleou o Flamengo por 4 a 1 neste domingo, no Morumbi, e voltou a se aproximar do G-4. Luis Fabiano foi o grande nome do jogo, com dois gols e show particular. De quebra, chegou aos 145 com a camisa do Tricolor paulista e ultrapassou Lêonidas da Silva, se tornando o sétimo maior artilheiro da História do clube.

    Com 22 pontos, o Tricolor ocupa a 6ª colocação, enquanto o Grêmio, quarto colocado, tem 24. Já o Flamengo segue no meio da tabela, cada vez mais longe das primeiras posições e diante de uma crise que só aumenta.


    domingo, 29 de julho de 2012

    Três municípios potiguares terão apenas um candidato a prefeito nestas eleições

    Os municípios de Coronel João Pessoa, Viçosa e João Dias têm coisas em comum. Elas ficam na região Oeste do Rio Grande do Norte, foram emancipadas na década de 1960 e terão candidatos únicos nas eleições municipais de 2012. Quer dizer, uma pessoa vai concorrer sozinha a disputa para o cargo de prefeito. Eles estão inclusos no quadro de 106 cidades do Brasil que estão na mesma situação.
    De acordo com os dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a quantidade de chapas únicas no Brasil equivale a 1,9% das cidades brasileiras. 
    Fonte: Nominuto
    Photobucket

    Imagens fortes: polícia encontra irmãos gêmeos enterrados e esquartejados sem as cabeças na cidade de Mari

    O interior paraibano acompanhou ontem(29), um dos mais bárbaros crimes já registrados nos últimos anos. Por volta das 08:40h da manhã a polícia foi informada de que um cadáver havia sido encontrado enterrado às margens do açude do governo, nas proximidades do Bairro Procanô, na cidade de Mari.
    Chegando ao local, os policiais encontraram a cena de um crime cometido com requintes de crueldade. De um lado do açude foram encontrados, pelo menos 5 cápulas de balas de pistola 380, massas encefálicas espalhadas pelo chão, dentes e partes de um crânio. Do outro lado do açude era possível ver partes de um corpo enterrado e algumas vestes, incluindo uma cordão de prata. A área foi isolada pela polícia e uma equipe de peritos foi chamada para o local.
    Por volta das 10:00h, quando os peritos chegaram e começaram a cavar o local onde dava para ver partes de um cadáver veio a surpresa: dois corpos foram encontrados, esquartejados, um sobre o outro. De imediato as vítimas não foram identificadas, pois suas cabeças não estavam juntas dos corpos, mas populares encontraram um saco sujo de sangue ao lado de um par de tênis, dentro do mato, também às margens do açude. Os peritos foram chamados e ao abrirem o saco encontraram as duas cabeças juntas. Ao verem as cabeças, algumas pessoas entre os curiosos reconheceram as vítimas apenas pelos apelidos: Willian e Kekê, residentes naquelas proximidades.
    A polícia agora trabalha para tentar identificar quem pode ter praticado um duplo himicídio tão bárbaro. 

    sábado, 28 de julho de 2012

    Padre da PB lança cartilha e afirma que “vender voto leva pro inferno”

    O padre da Paraíba Djacy Brasileiro lançou nesta semana uma cartilha para orientar a população sobre a votação no dia 7 de outubro. Entre os alertas feitos pelo sacerdote, a afirmação que “vender voto leva para cadeia e o inferno”.
    Conhecido por sua luta em defesa do sertanejo e pela transposição do São Francisco, Djacy orienta os sertanejos a não votarem “cegamente” por “paixão, glamour ou beleza” das campanhas. Ele afirma que “políticos corruptos, oportunistas, mentirosos, hipócritas” tentam usar a seca para conquistar o voto ludibriando a população.
    “Assim como urubus gostam de carniças, políticos descompromissados, oportunistas, que só pensam no poder e suas mordomias, gostam de tirar proveito do sofrimento do povo”, disse o padre.

    Veja Cartilha do padre Djacy Brasileiro.

    DJ cria remix com o hit “Me Serve Vadia” em homenagem a Nina e Carminha; ouça

    DJ cria hit com a expressão “Me serve vadia!”, dita por Nina (Débora Falabella) a Carminha (Adriana Esteves), em “Avenida Brasil”. A cena foi ao ar na terça-feira (24), quando a cozinheira exigiu que a megera lhe servisse o jantar.
    Desde que conseguiu fotos comprometoras de Carminha (Adriana Esteves) e Max (Marcello Novaes) na cama, Nina (Débora Falabella) tem humilhado a madrasta, a tratando como empregada da mansão de Tufão (Murilo Benício).




    Brasil tem primeiro dia espetacular em Londres

    As Olimpíadas de Londres começaram muito bem para o Brasil. Apenas no primeiro dia dos Jogos, o país já conquistou três medalhas. A primeira veio com Felipe Kitadai, bronze na categoria ligeiro do judô, primeira também do país nesse peso. Pouco depois, Sarah Menezes fez história e conquistou o primeiro ouro brasileiro feminino da história no judô e o primeiro do país em 2012.
    À tarde, foi a vez da natação dar alegria ao país. Thiago Pereira entrou na final dos 400 m medley para duelar com astros como Ryan Lochte e Michael Phelps e, depos de começar mal, conseguiu uma incrível reação e terminou com o segundo lugar, atrás justamente de Lochte. Ganhador de 18 medalhas em Pan-Americanos, essa prata foi a primeira de Thiago em Olimpíadas.
    POSIÇÃOPAÍSMedalha de ouroMedalha de prataMedalha de bronzeTOTAL
    1
    chnChina
    4026
    2
    itaItália
    2215
    3
    usaEstados Unidos
    1225
    4
    korCoreia do Sul
    1113
    4
    braBrasil
    1113
    6
    rusRússia
    1001
    6
    kazCazaquistão
    1001
    6
    ausAustrália
    1001
    9
    jpnJapão
    0213
    10
    nedPaíses Baixos
    0101
    Com informações, portal IG

    Farmácias podem voltar a vender remédios sem receita fora do balcão

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, nesta semana, a venda de alguns remédios sem receita médica em balcões de farmácias brasileiras. Pela resolução da agência, esses remédios devem ficar separados de produtos como cosméticos e dietéticos. Além disso, devem ser organizados por princípio ativo a fim de facilitar a identificação do consumidor. Para tanto, as farmácias serão obrigadas a fixar um cartaz com a orientação: “Medicamentos podem causar efeitos indesejados. Evite a automedicação: informe-se com o farmacêutico”. Desde 2009 a Anvisa só permite a venda de remédios isentos de prescrição médica atrás do balcão do farmacêutico. O Conselho Federal de Medicina já anunciou que vai recorrer da decisão na Justiça.
    Photobucket

    Prefeito e vice de Frutuoso Gomes são cassados pelo TRE

    Imagem da Sessão Plenária do dia 11.07.2012Pela maioria do voto de seus Membros, (4 a 3) a Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte negou provimento a recurso interposto por Lucídio Jácome Ferreira e Maria Vera Lúcia Rodrigues de Oliveira, prefeito e vice-prefeita do município de Frutuoso Gomes, respectivamente, mantendo a decisão do juiz de 1º grau que cassou seus diplomas. 

    A sentença impugnada julgou procedente Representação interposta pelo Ministério Público Eleitoral e Coligação Unidos por Frutuoso Gomes, reconhecendo a prática de conduta vedada e captação ilícita de sufrágio pelos representados, consubstanciadas na suposta distribuição de cheques-reforma. O juiz Nilo Ferreira, relator do processo, entendeu que os elementos trazidos aos autos não seriam suficientes para demonstração cabal da captação ilícita de sufrágio, bem como da prática de conduta vedada. 

    CAMPESTRE: Vereador Fernando Cruz é considerado réu pela Justiça

    Vereador Fernando Cruz-PSB
    Desde o dia 17/07/2012, o Vereador e Candidato a reeleição Fernando Francisco da Cruz-PSB, é réu nos autos do processo 0000318-60.2012.8.20.0153, em que move o Ministério Público Estadual em seu desfavor por dano ao erário. 

    Além do Vereador Fernando Cruz, figuram como réus também, sua filha Fernanda Cruz, e seus dois irmão Paulo Francisco da Cruz e José Saulo da Cruz.

    Bem como, figura como réu mais uma vez, e em outro processo criminal, o Prefeito Zequinha Borges.

    Todos são acusados de firmarem contratos irregulares, causando dano ao dinheiro do município. Ou seja, em outras palavras, usufruiam do dinheiro público.

    O Vereador Fernando Cruz, é conhecido por sempre blindar o prefeito Zequinha Borges, e por sempre se apresentar como mãos limpas, sempre diz ser um político Ficha Limpa.

    O Blog O Paralelo se coloca a disposição dos citados para se manifestarem ou apresentarem resposta quanto as denúncias propostas pelo Ministério Público contra os mesmos.

    Entenda o caso:

    As denúncias do Ministério Público foram fundadas em apuração pela CEI, iniciada pela Câmara Municipal quando ao receberem os extratos de pagamentos de salários, constavam no rol o nome do Vereador Fernando Cruz, como beneficiário emérito do fundo de participação do município. Acumulando vencimentos de duas cargas horária do Estado como professor, mais vencimentos de vereador e ainda sendo beneficiado pelo prefeito com vencimentos oriundos do FPM.

    Além disso, foi detectado estranhos contratos firmados entre o executivo e os irmãos e a filha do Vereador Fernando Cruz que até a presente data nunca foram devidamente explicados.
    Esperamos que a Justiça Pública faça o seu papel.

    www.tjrn.jus.br

    Dados do Processo

    Processo:
    0000318-60.2012.8.20.0153
    Classe:
    Ação Civil de Improbidade Administrativa
    Área: Cível
    Assunto:
    Dano ao Erário
    Local Físico:
    24/07/2012 08:55 - Aguardando decurso de prazo - PILHA-E
    Distribuição:
    Sorteio - 13/07/2012 às 10:07
    Vara Única - São José do Campestre
    Valor da ação:
    R$ 10.000,00

    Exibindo todas as partes.   >>Exibir somente as partes principais.
    Partes do Processo
    Autor: Ministério Público Estadual - Comarca de São José do Campestre-RN
    Réu: José Borges Segundo, Exmo. Sr. Prefeito do Município de São José do Campestre
    Réu: Fernando Francisco da Cruz
    Ré: Fernanda Gabriela Neves Cruz
    Réu: Paulo Francisco da Cruz
    Réu: José Saulo da Cruz

    www.tjrn.jus.br

    Fonte: Campestre Cidadão

    Santa Cruz/RN: Jovem é assassinado no bairro 3 a 1

    Por volta das 4h00 da manhã deste sábado (28), o jovem Herbert Diego Assan Souza da Silva, 27 anos, foi assassinado no bairro 3 a 1, em Santa Cruz.
    De acordo com a Polícia Militar, várias pessoas estavam no trailer Boca da Noite e de repente um homem chegou em uma moto, portando arma de fogo  e mandou que todos corressem que iria atirar. O jovem que estava sentado não teve tempo de sair e acabou sendo atingido com um tiro na boca. Após o disparo o homem fugiu de moto com destino ignorado.
    Herbert Diego ainda foi socorrido ao hospital Regional Aluísio Bezerra, mas já chegou sem vida. 
    Através do 190, a polícia recebeu a denúncia de que o autor do disparo foi uma pessoa conhecida por Galego Saçará, acusado de já ter praticado um outro homicídio.
    A 4ª Companhia de Polícia também registrou uma tentativa de homicídio, na madrugada deste sábado, por volta da  1h00 da manhã, nas imediações do Beira Rio. A vítima, Alessandro Alves Rodrigues, foi atingido por um tiro na coxa e encaminhado ao hospital Walfredo Gurgel, em Natal.  Há suspeita que o Galego Saçará também esteja envolvido nesta tentativa de homicídio.
    O caso agora será investigado pelos policiais da 9ª DRP.
    Fonte: Rádio Santa Cruz AM
    Photobucket

    Diego chora e pede desculpas por ter acabado com festa



    "Quero pedir desculpas para as pessoas que estavam tocendo por mim, para os patrocinadores e para o Brasil. Mais uma vez eu venho para a Olimpíada. Eu não sei o que acontece comigo", disse Diego.
    A irmã de Diego, Danielle Hypólito, foi dar um abraço no irmão hora que acabou a prova e o consolou pelo revés. Questionado sobre se tinha falado com a família, disse chorando: "pois é, minha família toda veio aqui, vieram fazer uma festa e, mais uma vez, eu acabei com a festa".
    O competidor nacional terminou com a nota 13.766, que não foi suficiente para colocar o atleta na decisão do aparelho. Diego tem o objetivo de brigar por uma medalha nos Jogos do Rio 2016 e pretende, ao menos, tentar novamente.
    Fonte: Marina Novaes - Terra


    Caern é condenada a pagar R$ 3 mil por corte indevido de água

    Usuária de serviços da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), com nome em sigilo na Justiça, ganhou ação judicial contra a empresa e receberá R$ 3 mil por danos morais decorrentes do corte no fornecimento de água para a sua residência. A sentença é do juiz Flávio César Barbalho de Mello, da 3ª Vara Cível de Mossoró.
    Na ação judicial, a autora alegou que reside com a família numa residência do bairro Aeroporto II, em Mossoró, e que adquiriu o imóvel há cerca de dois anos de uma terceira pessoa, que, por sua vez, já tinha sido adquirido de outra, em nome de quem ainda se encontram as faturas do imóvel.
    Ela relata que, no dia 23 de março de 2009, por volta das 14h, foi surpreendida na sua casa com a presença de funcionários da Caern para suspensão no abastecimento de água, sob a alegação de que havia nove faturas em aberto, o que deu origem à ação judicial alegando danos morais.
    A Caern, por sua vez, alegou que a autora não tem legitimidade para propor a ação porque não é titular da relação de consumo, haja vista que consta no imóvel o cadastro do primeiro proprietário como contratante da residência, objeto da ação. A empresa argumentou, também, não ter legitimidade para responder na Justiça porque o corte foi feito pela Lotil Construções e Incorporações Ltda, empresa prestadora de serviços terceirizados.
    Porém, o Flávio César Barbalho de Mello não acolheu a tese da Caern, haja vista que a autora vem cumprindo sua obrigação contratual. O magistrado esclareceu que a parte lesada detém legitimidade para propor ações que venham a reparar qualquer dano perpetrado contra si, independentemente da formalização contratual.
    No entender do juiz, o período de tempo em que a consumidora ficou sem abastecimento de água constituiu violação a preceitos fundamentais à sua dignidade, daí, a indenização por danos morais. O Mossoroense
    Photobucket