• Últimas Notícias

    quinta-feira, 15 de novembro de 2018

    Ministério vai lançar edital para repor vagas de médicos cubanos

    O Ministério da Saúde anunciou nesta quarta-feira (14) que vai lançar um edital nos próximos dias para médicos que queiram ocupar as vagas que serão deixadas pelos profissionais cubanos que integram o programa Mais Médicos.

    “Será respeitada a convocação prioritária dos candidatos brasileiros formados no Brasil seguida de brasileiros formados no exterior”, diz a nota encaminhada à imprensa.

    A pasta recebeu ontem (14) o comunicado da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), no qual o governo cubano informa que vai deixar de participar do programa Mais Médicos. Segundo o ministério, 8.332 vagas são ocupadas por esses profissionais. “O governo federal está adotando todas as medidas para garantir a assistência dos brasileiros atendidos pelas equipes da Saúde da Família que contam com profissionais de Cuba”, diz o comunicado.

    O governo de Cuba informou que deixará de fazer parte do programa. A justificativa é que as exigências feitas pelo governo eleito são “inaceitáveis” e “violam” acordos anteriores. O presidente eleito Jair Bolsonaro disse, na sua conta do Twitter, que a permanência dos cubanos está condicionada à realização do Revalida pelos profissionais, que é o exame aplicado aos médicos que se formam no exterior e querem atuar no Brasil. 

    Procurada pela reportagem, a Opas, que intermediou o convênio entre Brasil e Cuba para vinda dos médicos cubanos, diz que foi comunicada pelo governo de Cuba sobre a decisão de não continuar participando do programa e informou o Ministério da Saúde brasileiro. “Devemos ter mais detalhes nos próximos dias. Assim que os tivermos, divulgaremos", diz nota.

    Com informações da Agência Brasil

    Banco erra e coloca R$ 2 milhões na conta de comerciante

    Uma comerciante ficou milionária por algumas horas no Espírito Santo, nesta terça-feira (13). Vanilda Bruni de Souza ficou surpresa ao ver o extrato bancário e perceber que tinha um saldo de R$ 2 milhões e 57 mil na conta.

    Foi a sobrinha de Vanilda, a operadora de caixa Paula Beatriz Souza, que percebeu o saldo errado. “Eu falei ‘tia, tem dinheiro demais na conta, é muito dinheiro e eu não sei de onde veio, tem alguma coisa errada’’ ”, contou.

    A Paula tinha entrado no aplicativo do banco para pagar um boleto. Antes do dinheiro entrar na conta, ela tinha em torno de R$ 1.500 de saldo.

    A comerciante não perdeu tempo. Ligou para a gerência do banco e contou o que tinha acontecido. Até o gerente ficou assustado. “Quando ele abriu, ele se assustou e falou que a sua conta está milionária”, falou a comerciante.

    Horas depois, o dinheiro não estava mais na conta. “Falou que teve um problema, que realmente estava na minha conta e que ele não era meu”, completou.

    Há oito anos Vanilda é proprietária de um restaurante em Vitória. Ela já foi lavadeira, empregada doméstica e, antes de conseguir o restaurante, vendeu lanche durante cinco anos em uma barraquinha de rua.

    Ela contou que está cheia de dívidas, mas em nenhum momento pensou em ficar com os mais de R$ 2 milhões que caíram na conta. “Eu tenho certeza que o que Deus tem para me dar é mais de R$ 2 milhões”, falou.

    Banco
    O banco informou que na manhã desta terça, durante uma modificação específica nos sistemas de saldos, houve impacto em um número pequeno de contas, que tiveram valores informados de forma indevida. Os saldos foram corrigidos.

    Portal G1

    ‘lista suja’: Procon divulga lista de sites que devem ser evitados na Black Friday 2018

    Resultado de imagem para black fridayA menos de 10 dias da Black Friday, que acontece no dia 23 de novembro, o Procon de São Paulo divulgou uma lista dos sites que devem ser evitados pelos consumidores. Neste ano, 419 empresas estão na chamada ‘lista suja’. Confira os sites.

    Para criar a lista, o Procon levou em consideração os sites que tiveram reclamações de consumidores registradas junto à instituição, que foram notificados e não responderam ou não foram encontrados.

    Dos 419 registros de Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) ou de Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) fiscalizados, 252 empresas estão com o endereço eletrônico fora do ar e 167 têm sites ativos.

    A lista foi organizada em ordem alfabética pelo nome fantasia da empresa. Segundo o Procon, também é possível alterar a ordem da busca clicando no título da coluna

    Prestações de contas eleitorais devem ser apresentadas até este sábado

    Os candidatos e partidos políticos que disputaram o segundo turno têm até as 19h deste sábado (17) para prestar contas da campanha à Justiça Eleitoral. No âmbito nacional, participaram do segundo turno das eleições Jair Bolsonaro, eleito presidente pela coligação PSL/PRTB, e Fernando Haddad, pela aliança PT/ PCdoB/Pros, além de seus respectivos vices.

    Bolsonaro e o PSL já entregaram as prestações de contas ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mas a documentação ainda está pendente de julgamento. Essa etapa é condição para que o presidente eleito seja diplomado no dia 10 de dezembro, data acertada entre o TSE e o governo de transição. Antes do julgamento, a campanha de Bolsonaro terá de apresentar esclarecimentos sobre inconsistências identificadas na prestação de contas.

    Também concorreram no segundo turno 28 candidatos a governador, com os respectivos vices, no Amazonas, Amapá, em Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, no Pará, Rio Grande do Sul, em Rondônia, no Rio Grande do Norte, em Sergipe, Roraima, no Rio de Janeiro, em Santa Catarina, São Paulo e no Distrito Federal.

    Segundo o TSE, nas prestações de contas devem ser discriminados o total de recursos arrecadados, bem como as despesas de campanha referentes aos dois turnos. É preciso incluir os órgãos partidários que efetuaram doações ou tiveram gastos com as candidaturas.

    Quitação eleitoral

    segunda-feira, 12 de novembro de 2018

    ABSURDO! Idoso que passou 1 ano trancado em casa no RN é devolvido ao cárcere por assistentes sociais; delegado aciona MP

    Dentro da casa havia apenas uma cama de solteiro e um vaso sanitário — Foto: Polícia Civil do RN/Divulgação
    O idoso de 70 anos que passou mais de um ano trancado dentro de uma casa em construção na cidade de São Rafael, na região Oeste potiguar, foi levado de volta ao cárcere por uma equipe de assistentes sociais da prefeitura da cidade e precisou, mais uma vez, ser resgatado pela Polícia Civil. Agora, segundo o delegado Cidórgeton Pinheiro, responsável pelo caso, a equipe municipal deve responder criminalmente pela situação, assim como as pessoas que mantiveram o idoso trancado por todo este tempo.

    O G1 aguarda posicionamento da Prefeitura de São Rafael.

    A casa onde o idoso foi encontrado fica no quintal de uma residência, ao lado de um chiqueiro. A construção não tem janelas e estava trancada por uma grade com correntes e cadeado. Dentro, os policiais encontraram apenas uma cama de solteiro e um vaso sanitário.

    “É inacreditável. Fiquei surpreso e revoltado quando soube que o idoso que havíamos resgatado de uma situação tão degradante havia sido de volta para o mesmo cárcere. A desculpa que deram, até onde eu soube, foi de que não encontraram um abrigo para acolher o idoso. Isso é absurdo”, disse o delegado ao G1.

    Ainda de acordo com Cidórgeton, o idoso resgatado foi levado para o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) de São Rafael. “A equipe assinou um termo de recebimento e se comprometeu a levá-lo para um abrigo apropriado. Pelo visto não foi o que aconteceu”, explicou.

    Diante do ocorrido, o delegado disse que vai acionar o Ministério Público e que deve indiciar criminalmente a equipe do Cras pelo que fizeram. “Eu vejo que eles cometeram o mesmo crime que as pessoas que mantiveram o idoso este tempo todo trancado, que é o cárcere privado”, acrescentou.

    Cidórgetom revelou ainda que o dono da casa e a filha dele, os dois adultos que mantinham o idoso trancado dentro da casa em construção, também serão indiciados. “Quando chegamos ao local onde o idoso estava, que fica numa construção no quintal de uma casa, não encontramos o responsável. Mas, depois ele se apresentou e admitiu que era o responsável. Agora, já com elementos suficientes, inclusive com provas de que eles chegaram a fazer um empréstimo usando o nome do idoso, devemos pedir o indiciamento dele e da filha pelos crimes de cárcere privado, maus tratos e desvio da aposentadoria da vítima”, complementou.

    Novo resgate

    O novo regate aconteceu já no início da madrugada do domingo (11), após o delegado tomar conhecimento que o idoso havia retornado ao ambiente de onde já havia sido retirado horas antes. “Achei até que era até fake news a história de que ele estava de volta ao cárcere. Mas, infelizmente, era fato. Então o resgatamos novamente e agora ele está conosco na delegacia de Assu. Ele dormiu e tomou café da manhã aqui. E daqui só vai sair se for para um abrigo”, afirmou Cidórgeton Pinheiro.

    Portal G1RN

    Economia dá sinais de recuperação após as eleições

    O fim das incertezas eleitorais começa a mudar o humor de empresários e investidores no Brasil. Nas últimas duas semanas, desde a eleição de Jair Bolsonaro (PSL) para presidente da República, empresas começam a retomar planos engavetados nos últimos meses, seja de investimentos, fusões e aquisições e lançamento de ações no mercado (IPOs). Alguns anúncios de investimento já foram feitos apenas alguns dias depois do anúncio de Bolsonaro como próximo ocupante do Palácio do Planalto. Mas o otimismo vem com um alerta: é necessário avançar com as reformas econômicas.

    Na última semana, o empresário Carlos Wizard Martins – ex-proprietário da escola de inglês Wizard e hoje dono da rede Sforza, que inclui negócios como as redes Mundo Verde, KFC e Pizza Hut – disse que pretende desembolsar R$ 1,6 bilhão nos próximos anos. Outro negócio que circulava nas rodas de conversa de bancos de investimento havia meses teve o contrato de compra assinado apenas alguns dias depois do fim das eleições: a aquisição de 22% da rede Madero pelo fundo americano Carlyle. O aporte, de R$ 700 milhões, veio após 24 meses de “jejum” do fundo no País.

    Grandes bancos brasileiros melhoraram suas perspectivas para a economia do País: o Bradesco agora prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro vá crescer 2,8% no ano que vem (antes, projetava 2,5%), enquanto o Itaú Unibanco elevou sua perspectiva para 2,5% (ante 2%, anteriormente). O economista-chefe do Itaú Unibanco, Mário Mesquita, diz que o humor do mercado mudou nas últimas semanas: “Vemos um claro aumento das consultas para fechamento de operações, dado que a sensação é que os mercados de renda fixa e variável reabriram para as empresas brasileiras”.

    Estadão Conteúdo

    sábado, 10 de novembro de 2018

    Seleção Pública: Control/RN publica edital de convocação para concurso com 53 vagas

    A Controladoria Geral do Estado do RN (Control/RN) publicou na edição deste sábado (10), no Diário Oficial do Estado, edital de convocação para concurso público com a oferta de 53 vagas.

    Os cargos são para Analista Contábil (30 vagas) e Técnico de Controle Interno (23 vagas). De acordo com o edital (acesse AQUI), as inscrições começam na próxima terça-feira (14) e vão até 16 de dezembro e o valor da taxa é de R$ 90.00.
    A remuneração é composta por R$ 3.095,63 mais R$ 1.200,00 (vencimento mais gratificação de Desempenho), totalizando R$ 4.295,63.
    A carga horária é de 40 horas semanais.

    A banca organizadora do concurso é o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), e os candidatos devem acessar o site da banca para realizar a inscrição.

    O concurso tem duas etapas: provas objetiva e discursiva, de caráter eliminatório e classificatório; e, avaliação de títulos.

    A aplicação das provas objetiva e discursiva serão realizadas em Natal.
    A primeira será no dia 20 de janeiro de 2019 e a segunda no dia 10 de fevereiro do ano que vem.

    Portal G1

    Boletos vencidos já podem ser pagos em qualquer banco

    A partir de hoje (10), boletos vencidos poderão ser pagos em qualquer banco ou correspondente e não apenas na instituição financeira em que foram emitidos. Isso será possível com a conclusão da implementação da Nova Plataforma de Cobrança (NPC), sistema desenvolvido pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) em parceria com os bancos. Na última fase do processo, passa a ser obrigatório o cadastramento de títulos referentes a faturas de cartão de crédito e doações no novo sistema.

    Segundo a Febraban, além da praticidade, a implementação da NPC torna o processo de pagamento via boleto mais seguro, sem risco de fraudes. Outra mudança diz respeito ao comprovante de pagamento, que será mais completo, apresentando todos os detalhes do boleto, (juros, multa, desconto, etc) e as informações do beneficiário e pagador.

    Ensino médio poderá ter de 20% a 30% da carga horária a distância

    Estudantes do ensino médio poderão ter até 20% das aulas a distância, no caso do ensino médio regular, e até 30% no noturno. A decisão faz parte das novas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio, aprovadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE).

    Na prática, em um ensino médio de cinco horas por dia, os estudantes da modalidade regular poderão ter uma hora, ou seja, uma aula, por dia a distância. Na modalidade ensino médio noturno, com quatro horas por dia, 1h12 poderá ser feita a distância.

    As diretrizes vigentes foram revistas pelo CNE para se adequar ao Novo Ensino Médio, aprovado no ano passado. Pela nova lei, os estudantes passarão por uma formação comum a todo o país, definida pela chamada Base Nacional Comum Curricular - ainda em discussão no CNE - e por uma formação específica, que poderá ser em linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas ou ensino técnico.

    São José do Campestre/RN: Justiça determina que ex-prefeito cumpra pena de mais de 4 anos de detenção em regime semiaberto

    O Tribunal de Justiça do RN (TJRN) julgou Apelação Criminal nº 2017.018154-6, que condenou o ex-prefeito Laércio Oliveira do município de São José do Campestre/RN, juntamente com a comissão permanente de licitação à época, por fraude no processo licitatório nº 43/2003. O ex-prefeito Laércio Oliveira, foi condenado a 04 (quatro) anos e 06(seis) meses e trinta (30) dias multa, em regime semiaberto, enquanto isso, os membros da comissão permanente de licitação, Luciano José de Oliveira, José Cristóvão de Oliveira e Nobaldo Lima, foram condenados a 02(dois) anos e 03(três) meses de detenção e 11(onze) dias multas, transformada a pena em trabalho de 08(oito) horas semanais, prestando serviços à comunidade, além de multas e pagamento das custas do processo.

    A decisão do TJRN, garantia aos condenados o direito de recorrer em liberdade a outras instâncias, sem embargos do Ministério Público, até o transito em julgado. No entanto, os réus não “recorreram da decisão” do tribunal de justiça do estado. Diante desse fato, os condenados na apelação criminal, vão cumprir as sentenças condenatórias.